Social
Ministro do Mar acompanhou a primeira saída para a pesca da sardinha

Ministro do Mar acompanhou a primeira saída para a pesca da sardinha

O Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, acompanhou no porto de pesca de Matosinhos os preparativos e a saída das embarcações do cerco para o mar, na abertura da pesca da sardinha esta segunda-feira, dia 1 de junho.

O Ministro falou com os pescadores e subiu a bordo de uma embarcação que voltou a poder capturar sardinha, após vários meses de pausa. A partir de dia 1 de junho e até 31 de julho, o limite de capturas é de 6 mil e 300 toneladas repartidas entre os grupos de embarcações de organizações de produtores, com limites diários e semanais.

Ricardo Serrão Santos lembrou que as quotas permitidas são superiores às do ano passado. O Ministro salientou ainda a importância do plano de recuperação do manancial da sardinha que está a ser cumprido e a dar bons resultados. Os dados científicos apontam para uma recuperação do recrutamento, tendo os cruzeiros acústicos, que se realizaram para verificar como está o stock em setembro e março, dado «bons indicadores».

O Ministro aproveitou a deslocação a Matosinhos para visitar antes, durante a tarde de domingo,  o porto de Angeiras, cujo molhe está a ser sujeito a obras para garantir a segurança dos pescadores, e a comunidade piscatória local.  No Dia do Pescador, que se assinalou no domingo, o Ministro sublinhou a importância do setor das pescas no norte e ao longo de toda a costa do país, «setor que é preciso manter e renovar».

1 Comentário neste artigo

  1. Anónimo

    Nem os Senhores do Governo cumprem as normas de contingência que continuam em certos sectores, vamos lá respeitar o resto. Tenham o bom senso e exemplo para os restantes, ponham lá a máscara😷💪😄

    Responder

Leave a Reply Cancelar resposta