Social
Noruega avança para a aquacultura de salmão em mar aberto

Noruega avança para a aquacultura de salmão em mar aberto

A Noruega vai iniciar a instalação experimental da primeira jaula de aquacultura de salmão em mar aberto num novo projecto da Salmar, o maior produtor mundial de salmão.

A Salmar, o maior produtor de salmão do mundo, var avançar com um projecto piloto de aquacultura de salmão em mar aberto, estando as jaulas experimentais a serem construídas na China, nos estaleiros navais de Qingdao Wuchuan Heavy Industry e ficando à responsabilidade da Rolls-Royce a fixação da estrutura e montagem dos detectores submarinos de carga.

A jaula, circular e semi-submersível, terá 68 m de altura com um diâmetro de 110 m e um volume de 250 000 m3, sendo adequada a fundos entre os 100 e os 300 m.

Concebida pela empresa norueguesa Global Maritime, a nova jaula será uma das mais avançadas do mundo, dispondo de um alto grau de automatização, permitindo que todas as acções de manutenção sejam realizadas na própria plataforma sem necessidade de se recorrer a navios ou equipamentos externos, não exigindo mais do que 3 a 4 operadores, dispondo de duas divisórias fixas e uma outra móvel de forma a distribuir os animais por três diferentes compartimentos.

A instalação piloto, a ser realizada em 2017 em Frohavet, será igualmente equipada com sistemas de avaliação das condições biológicas e de bem-estar dos salmões.

Fonte: Jornal da Economia do Mar

Deixe um Comentário