Social
Plano de reestruturação dos Estaleiros de Viana do Castelo está suspenso

Plano de reestruturação dos Estaleiros de Viana do Castelo está suspenso

O plano de reestruturação dos estaleiros de Viana do Castelo – que previa o despedimento de 380 funcionários – está suspenso até Setembro. A decisão foi tomada no fim-de-semana após uma reunião entre o ministro da Defesa, José Aguiar Branco, com a administração dos estaleiros e da Empordef. Segundo a Lusa, o gabinete do ministro remeteu para 2 de Setembro, data de realização da assembleia-geral da Empordef- uma decisão final sobre o plano de viabilidade empresarial, incluindo o plano de restruturação do pessoal.

Recorde-se que em Fevereiro, os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) tinham apresentado um plano de viabilização e reestruturação da empresa que acabou por ser aprovado pelo executivo no início de Junho, pouco dias antes das eleições.

Mas já antes deste plano, a empresa previa cortes de custos na e alertava para os desequilíbrios da situação financeira dos ENVC. Segundo a informação que consta do relatório e contas da empresa de 2010, a que o Diário Económico teve acesso, os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) já tinham previsto reduzir este ano as despesas com os honorários em 54%, por via da cessação de contratos de prestação de serviços. Esta é uma das medidas que a empresa se propunha levar a cabo na sequência das orientações definidas para o sector empresarial do Estado para 2011, no que respeita a uma redução de pelo menos 15% nos custos de funcionamento.

Fonte: Diário Económico

Deixe um Comentário