Social
Governo dos Açores reforça apoio à investigação marinha e à contratação de investigadores

Governo dos Açores reforça apoio à investigação marinha e à contratação de investigadores

O Governo dos Açores abriu um concurso para apoiar projetos de investigação e desenvolvimento alinhados com a Especialização Inteligente definida para a Região (RIS3 Açores) no eixo ‘Pescas e Mar’, num investimento de 2,2 milhões de euros, sendo cofinanciado pelo FEDER, em 1,8 milhões de euros, e pelo Orçamento da Região.

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia referiu que o aviso publicado na página da Internet do Programa Operacional Açores 2020 destina-se à Universidade dos Açores, que se deve candidatar tendo em vista a implementação e execução de um projeto científico que inclui a contratação de 10 doutorados, por um período de três anos, para o Departamento de Oceanografia e Pescas.

Segundo Gui Menezes, o objetivo deste aviso é “reforçar as condições de base para a produção científica e inovação, especificamente no domínio prioritário das Pescas e Mar”, acrescentando que “é uma área de grande relevo no âmbito das atuais estratégias regionais, nacionais e internacionais, e de grande impacto para o desenvolvimento socioeconómico e coesão”.

O titular da pasta da Ciência frisou também “a aposta na contratação de recursos humanos qualificados, promovendo, desta forma, o emprego científico e o reforço do sistema científico regional, fixando investigadores e contribuindo para a sua estabilidade laboral”.

Recentemente, também foram abertos dois avisos para os nós regionais do Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação de Interesse Estratégico, nomeadamente o European Multidisciplinary Seafloor and Water Column Observatory – Portugal (EMSO-PT) e o European Marine Biological Resource Centre – Portugal (EMBRC.PT), num investimento superior a 2,4 milhões de euros para os próximos três anos.

“Estes últimos avisos que, neste momento, estão no ar totalizam um investimento global de 4,6 milhões de euros”, afirmou Gui Menezes, acrescentando que, desta forma, “fica executada” a verba do Programa Operacional Açores 2020 alocada ao objetivo 1.1.1 – ‘Aumentar a produção científica de qualidade e orientada para a especialização inteligente’.

 Para o Secretário Regional, estes apoios não só reforçam as competências científicas da Região, mas também promovem “a sua internacionalização, a produtividade científica, a qualificação e contratação de investigadores, e contribuem para o desenvolvimento da economia do mar” nos Açores.

O aviso está acessível na página da Internet do Programa Operacional Açores 2020, em http://poacores2020.azores.gov.pt/candidaturas/aviso-no-acores-45-2019-58/ e vai decorrer até 26 de janeiro.

Fonte: GaCS/GM

Deixe um Comentário