Social
Aumento da temperatura da água do mar está a ter consequências na costa portuguesa, como a redução do pescado

Aumento da temperatura da água do mar está a ter consequências na costa portuguesa, como a redução do pescado

Aumento da temperatura da água do mar está a ter consequências na costa portuguesa.

A temperatura média da água do mar na costa portuguesa aumentou este Verão para níveis nunca antes registados.

Em algumas praias do Algarve, por exemplo, a temperatura da água do mar atingiu os 26 graus.

Apesar de esta ser uma boa notícia para quem vai a banhos, no que toca ao meio ambiente a história é diferente.

A associação ambientalista Zero explica que o aquecimento das águas está a reduzir o pescado.
«Vários estudos afirmam que espécies como a Sardinha podem estar em risco devido à temperatura da água e das correntes», explica o ambientalista Francisco Ferreira.

Devido a essas elevadas temperaturas, o ambientalista explica que está a entrar por semana pelo menos uma espécie invasora oriunda de África nas águas portuguesas.

As consequências e os danos nos ecossistemas são já uma realidade.

«O primeiro dano à escala global é que estando os oceanos mais quentes eles vão ocupar mais espaço e por isso é que se fala do aumento do nível do mar», avisa Francisco Ferreira que acrescenta que «há danos identificados ao nível dos recifes de coral».

O ambientalista sublinha ainda que estamos no 14º mês consecutivo de recorde de temperatura média mensal. «Já não há dúvidas que 2016 vai ser o ano mais quente desde que há registo».

Francisco Ferreira recomenda por isso medidas para travar o aquecimento global provocado pelas emissões dos gases de estufa.

Fonte: Rádio Comercial

Deixe um Comentário