Social
Deutchland esteve na Horta

Deutchland esteve na Horta

Este navio da companhia Peter Deilmann Cruises esteve ancorado na nossa ilha durante pouco mais de um dia.

As características deste navio são as seguintes:

Categoria: *****
Operadora: Peter Deilmann Cruises
Construtor: Howalddswerk Deutsche Werft (328) Alemanha
Ano de Construção: 1998
Tonelagem: 22,400 t
Comprimento: 175 m
Boca: 23m
Calado: 5,8m
Potência: 2x MaK-DMR 8M32 Diesel + 2x MaK-DMR 6M32 Diesel (12,300kw combinados)
Velocidade de serviço: 20 nós
Capacidade máxima de passageiros: 560
Elementos de Tripulação: 270
Oficiais: Alemães
Vida a bordo: Premium/Deluxe
Bandeira: Alemanha

Pelo seu aspecto exterior, o Deutschland não nos impressiona muito se compararmos com outros navios que por cá vão passando, no entanto apraz-nos registar que certamente este será um dos mais luxuosos barcos de cruzeiro que nos visitaram nos últimos tempos. Enganem-se todos aqueles que pensam que o navio da companhia alemã Peter Deilmann possui todas aquelas características tão comuns à maioria dos cruzeiros actuais como discotecas, camarotes com balcões, casinos, escaladas e afins. O nosso visitante foi especialmente concebido para um público requintado, muito requintado aliás, e, neste sentido, basta lembrar que os passageiros do malogrado último voo do Concorde se destinavam a embarcar no Deutschland, que os esperava em Nova Iorque.

 blank

Concebido para o mercado alemão, este navio surpreende pelos seus interiores do mais sumptuoso que existe no género, com salões majestosos, restaurantes ricamente decorados, com obras de arte de grande valor, algumas das quais até são originais valiosos, belíssimos mármores, madeiras nobres, mobílias luxuosas ou lustres em cristal, tudo foi pensado para tornar a vivência no Deutschland algo muito além de um simples cruzeiro mas sim uma experiência verdadeiramente inesquecível.

blank

Toda a sua decoração reflecte a opulência e sumptuosidade dos Loucos Anos 20 do século passado, ao estilo dos grandes hotéis da época, mas também não deixa de ser uma realidade que todos estes predicados não cativam muitos turistas que preferem um cruzeiro mais na óptica do estar à vontade, sem grandes formalismos e com toda a ambiência tipo parque de diversões, com barulho, divertimento e muita confusão!

blank

blankNo Deutschland não encontramos essas ambiências tão características dos cruzeiros mais comuns no mercado, pois é algo completamente diferente, é como que recuar no tempo quando as coisas boas da vida eram realmente apreciadas, sem stress nem consumismos exagerados.

blank

De acordo com a crítica generalizada, não há navios nem cruzeiros perfeitos, mas este é, sem dúvida, um dos que, a todos os níveis, melhor categoria tem patenteado nos últimos anos.

Fonte: Azores cruise club

Fotos de Shipspotting.com

Deixe um Comentário