Social
Autoridades interditam pesca em Sines

Autoridades interditam pesca em Sines

A pesca lúdica e profissional está interdita na costa de Sines, até 13 de Maio, depois de detectado pescado impróprio para consumo.

A Autoridade de Saúde interditou esta quinta-feira, dia 5 de Maio, a actividade de pesca profissional e lúdica na Costa do Norte, em Sines, depois de ter sido capturado peixe impróprio para consumo humano. De acordo com o comandante da Polícia Marítima de Sines, Félix Marques, o peixe, na sua maioria carapau, apresenta “um forte odor e sabor a hidrocarbonetos”, podendo estar relacionado a um foco de poluição detectado dias antes durante uma acção de fiscalização, na zona do emissário da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Ribeira de Moinhos. “Na recolha de amostras que efectuamos à água, foi detectado um forte odor a hidrocarbonetos” explicou Félix Marques.

Na sequência das queixas, a Autoridade de Saúde e os Serviços de veterinária de Sines analisaram o peixe capturado naquele local e enviaram para o Instituto Hidrográfico, amostras de água recolhida junto ao foco de poluição, bem como uma amostra das descargas da ETAR na altura em que a mancha foi detectada. “Vamos monitorizar a situação, durante a próxima semana, para avaliar se o pescado já está em condições de ser consumido”, acrescentou.

A interdição, até às 08h00 do dia 13 de Maio, compreende o sul das praias das Areias Brancas, Santiago do Cacém, e a zona sul de São Torpes, Sines.

Fonte: Correio da Manhã

1 Comentário neste artigo

  1. blank
    Gaivota

    Também as à por estas bandas as (ETAR) assim como lavagens de tanques dos navios em alto mar, pessoal olhos bem abertos para não se estragar tudo!.

    Responder

Deixe um Comentário