Social
Espadim azul: por algumas horas de espera não é recorde mundial

Espadim azul: por algumas horas de espera não é recorde mundial

Na passada sexta-feira dia 12 de Agosto, Filipe Goulart e Lukas Folk capturaram um Espadim Azul que poderia bem ter sido outro recorde mundial. Foi na embarcação Habitat que apenas dois homens lutaram, durante cerca de 3h, com um exemplar da espécie Makaira nigricans. 

A primeira pesagem do Espadim foi de 540 Kg, peso este que é actualmente o recorde mundial. Contudo a pesagem oficial demorou muito tempo e nessas horas de espera, o indivíduo perdeu muita água, o que fez com que o peso diminuísse para 533 Kg. Realmente foi pena não ter sido possível pesar o espécime a tempo de se ter atingido o recorde mundial, uma vez que seria algo importante para a região, tanto a nível nacional como internacional.

Parabéns aos dois pescadores!!

3 Comentários neste artigo

  1. Paulo Trindade

    este pedido nao tem haver como comentario mas parabens aos pescadores preciso de uma informaçao nao estando em Portugal a morar vivendo em França desejava que alguem me podesse informar ao sujeito da lei de pesca no mar de borda e de barco as leis de aqui de França conheço mas com as modificaçoes de leis de pesca do mar borda e barco auquale era preciso ma liçença e uns tantos peixes por dia ! hoje em dia a beira da reforma gostaria que alguém me informasse a par disso muito agradeçido as pessoas que o podem fazer o meu mail : mendes.p@hotmail.fr

    Responder
  2. Gaivota

    Pelos vistos parece que já existe um recorde?
    Se verdade, de cá ou exterior? Qual o peso?
    Quanto tempo levou entre uma pesagem e outra?
    Porque daquilo que li e que é manifestamente muito pouco “peço desculpa” mas vejo nas fotos imensa água debaixo do bicho “Peixe” numa poça inclusiva a escorrer da beira do cais para o mar.
    Quais os critérios muito resumidos para estes recordes?
    Será que não deveria haver um pouco mais de humanismo neste tipo de avaliações, sem violar as regras!.
    Será que há algum relato de tal feito, duas pessoas o comandante do barco e o pescador capturarem um bicho “peixe” desta envergadura, só por isso deveria ser recorde. Digo com uma enorme convicção, para aqueles que assistiram à primeira pesagem, para uma grande maioria de pessoas ligadas ao mar, não deixará qualquer dúvida, seria realmente RECORDE MUNDIAL.
    Gostaria de ver esclarecidas algumas perguntas que formulei, obrigado.

    Responder
    • Segundo o que nos foi dito é que realmente já existe um recorde mundial, cujo o peso é o de primeira pesagem deste indivíduo, ou seja 540 kg. Desta forma seriam dois os recordes mundiais, o já existente (pelo menos não é açoriano) e agora a captura do Filipe Goulart e Lukas Folk.
      O resto das perguntas não sabemos responder para já, no entanto poderemos tentar averiguar!

      Obrigada pelo seu comentário.

      APEDA

      Responder

Deixe um Comentário