Social
Governo dos Açores diz que já ativou apoios a pescadores duas vezes este inverno

Governo dos Açores diz que já ativou apoios a pescadores duas vezes este inverno

O secretário regional dos Recursos Naturais dos Açores rejeitou “qualquer motivo” para as queixas da cooperativa de pescadores Porto de Abrigo, que acusou o Governo açoriano de “silêncio” perante a “situação catastrófica” que vive o setor.

“O Governo tem estado muito atento àquilo que se tem passado nas pescas nos últimos meses, particularmente à situação financeira dos pescadores”, afirmou Luís Neto Viveiros, lembrando que o executivo açoriano ativou o FundoPesca, que dá apoios aos pescadores quando o mau tempo, por exemplo, impede que saiam para o mar, por duas vezes neste inverno: no final do ano passado e há cerca de duas semanas.

Neto Viveiros sublinhou que o Governo Regional “tomou a iniciativa” de voltar a ativar o FundoPesca “porque reconhece” que as condições climatéricas do primeiro trimestre do ano “impediram ao normal atividade dos pescadores”.

“Não vislumbro qualquer motivo, qualquer razão, para que a cooperativa Porto de Abrigo tenha apresentado os argumentos que apresentou relativamente à ação do Governo”, referiu.

Segundo Neto Viveiros, o conselho de administração do FundoPesca vai reunir-se em breve para “pôr em execução” os “procedimentos necessários ao pagamento dessa ajuda” aos pescadores.

A cooperativa Porto de Abrigo disse hoje estranhar o silêncio do Governo Regional perante a “catastrófica situação” nas pescas no arquipélago, apesar dos alertas lançados pelo setor.

“A Porto de Abrigo estranha a lentidão da resposta do Governo a situações de emergência social e igualmente estranha que a Assembleia Regional dos Açores se mantenha insensível perante a catastrófica situação que aflige a pesca”, refere, num comunicado.

A direção da Porto de Abrigo recorda que em dezembro de 2012 esteve reunida com o presidente do Governo Regional, com o secretário regional com a tutela das pescas e com os partidos representados na assembleia regional para alertar as autoridades para a “calamidade social” que se vive no setor.

“Para agravar a situação descrita, mais de 25% das candidaturas apresentadas ao fundo pesca em finais de 2012 (432 em 1.633) foram recusadas”, lamentou a cooperativa de pescadores, lembrando que o Governo Regional está também a recorrer à Autoridade Tributária para tentar “cobrar coercivamente verbas atribuídas a pequenos armadores” destinadas à modernização de embarcações, mas cujos comprovativos de investimentos não estarão devidamente justificados.

Sobre esta questão, Neto Viveiros afirmou que em outubro do ano passado, 12 armadores foram notificados para fazerem esclarecimentos relacionados com projetos financiados com fundos públicos, mas não responderam.

Nesse contexto, “decidiu-se mandatar a Direção Regional do Orçamento e Tesouro para proceder à execução fiscal dos mesmos”, afirmou, sublinhando que “a boa gestão dos fundos públicos obriga a este tipo de procedimento”.

Fonte: AçorianoOriental

13 Comentários neste artigo

  1. acoriano

    numca deveriam dar duas pastas a uma pessoa so, as pescas estao a precisar de uma reforma drastica e nao macredito que seja nas maos deste senhor que acho que ja disse mentiras que bastasse.

    Responder
  2. MACIEIRA

    SR.PEREIRA IS BACK IN BUSINESS…agora sim vale a pena vir…diga lá as suas verdades, q dá para ver q sabe muitas;) e ainda por cima fala bem…viva às arvores de fruto e ao dinheiro dos contribuintes;)

    Responder
  3. Caro Sr. Jovem Pescador!

    Desculpe a pequena alteração do seu termo utilizado, mas é simplesmente por questões das nossas regras no site.

    Obrigada

    Responder
  4. Pescador Preocupado

    ainda ha alguns dias vieram dizer que que pagavam 250 euros todos os meses aos pescadores e agora afinal foram so activados os fundos 2 vezes, eu so recebi 1 vez e nao foi na sua totalidade, a outra parte nem vela, este governo anda a dormir e o que eles precisavam e em especial este luis neto era levar uma coça pois de pesca ele nao percebe NADA

    Responder
    • Pescador

      Senhor Pescador Preocupado, julgo que o seu televisor ou radio deve estar com alguns cortes ou então deve ser daqueles que à duas pessoas a ver o mesmo jogo de futebol e que sabem o resultado mas discordam do resultado até parece que estiveram a ver o jogo em televisores diferentes, isto para dizer o seguinte:
      Nunca ouvi dizer que os pescadores iriam receber 250€ por mês, o que ficou estabelecido e divulgado na comunicação social é que o fundopesca iria ser ativado julgo que em Dezembro com o valor do salário mínimo Regional sendo pago em duas transes a primeira com 50%, e a segunda com os restantes 50% assim que as condições atmosféricas assim o exigissem o que está a acontecer agora, mas nunca 250€ mês, julgo que o informarão mal ou então terá interpretado mal a informação divulgada. Julgo que o srº. Luís Neto fez e fez bem fui mandar ativar a segunda transes quando as condições atmosféricas assim o exigia , julgo que se alguém estará mal nisto é o SENHOR EL PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO DAS PESCAS O EL COMANDANTE, que depois do senhor Secretario ter acionado o fundopesca este EL COMANDANTE, vem dizer uma semana depois que vai solicitar a ativação do fundo, isto é que dá para rir, rir e rir.
      que venha bom tempo e boas pescarias.

      Responder
      • Pescador Preocupado

        Caro Pescador eu posso ate ser burro mas ainda sei ler e ver televisao, na duvida consulte aqui http://www.pescazores.com/noticias/regionais/governo-ativa-fundos-para-compensar-pescadores-pelo-mau-tempo/ e procure a frase que diz o seguinte: “Desde que foi acionado há cerca de um mês que os pescadores beneficiários do FundoPesca estão a receber um valor mensal que tem como referência cerca de 50 por cento do salário mínimo regional açoriano, ou seja, cerca de 250 euros.” e nao disse que iriam receber mas sim que estavam a receber um valor mensal e isso que diz na noticia. agora diga la que estou enganado. passar bem.

        Responder
        • Pescador

          Senhor Pescador Preocupado, no meu comentário não disse e nunca foi minha intenção dizer que tinha (orelhas grandes) tentei foi demonstrar que por vezes nos dizem uma coisa e depois é outra, ou porque realmente não escutamos bem, mas observo que sabe ler e muito bem assim como está atento como vossa excelência o afirma.
          Peço-lhe desculpa porque depois de ler o link têm toda a razão está claro diz que (estavam a receber um valor mensal), agora das duas uma o jornal ou a/o jornalista não escutarão bem ou não entenderão o que o EL COMANDANTE quis dizer (que este não sabe o que diz) e os dois deveriam vir esclarecer esta situação porque uma coisa é todos os meses outra é duas 50%,+ 50%, eu encaminho-me para a ultima opção que o Senhor EL COMANDANTE meteu mais uma vez a pata na possa, e devia estar calado, aliás perdeu uma grande oportunidade para estar calado.
          Que venha bom tempo e boas pescarias.

          Responder
  5. PEREIRA

    COMO TINHA DITO NO MEU ULTIMO COMENTÁRIO:”ATÉ QUALQUER DIA”…RESOLVI VOLTAR AOS COMENTÁRIOS, TENDO SIDO NESTE INTERREGNO SEMPRE UM ESPETADOR ATENTO AO SITE E TENDO NOTADO QUE O MESMO SE ENCONTRA NO QUE DIZ RESPEITO A COMENTÁRIOS AMORFO, SEM “SAL” COM POUCOS PONTOS DE INTERESSE RESOLVI VOLTAR A COMENTAR…, E ACHO ESTE TEMA INTERESSANTE PARA TAL.REALMENTE UM INVERNO MUITO RIGOROSO, QUE NÃO POSSIBILITOU A IDA PARA O MAR VEIO DIFICULTAR MUITISSIMO A VIDA AOS HOMENS QUE VIVEM DO MAR , POR ISSO PENSO QUE É NECESSÁRIO UMA ATENÇÃO ESPECIAL DOS GOVERNANTES PARA SITUAÇÕES DE CALAMIDADE QUE POSSAM EXISTIR EM RELAÇÃO AOS PESCADORES(SUBLINHO PESCADORES E NÃO ARMADORES)
    NO ENTANTO NÃO POSSO DEIXAR EM CLARO UMA SITUAÇÃO REFERENCIADA POR ESSA BENDITA ALMA MADEIRENSE CHAMADA DE LIBERATO FERNANDES:” lembrando que o Governo Regional está também a recorrer à Autoridade Tributária para tentar “cobrar coercivamente verbas atribuídas a pequenos armadores” destinadas à modernização de embarcações, mas cujos comprovativos de investimentos não estarão devidamente justificados”MAS ENTÃO O QUE É QUE ESTE SENHOR QUERIA:FORAM DADOS SUBSIDIOS A FUNDO PERDIDO PARA RENOVAÇÃO DA FROTA, MAS OS BENDITOS ILUMINADOS GASTARAM O DINHEIRO SEI LÁ EM QUÊ (SE CALHAR NALGUM NOVO MODELO DA TOYOTA) E O SENHOR LIBERATO QUERIA QUE FICASSE MESMO ASSIM?EU PESSOALMENTE CONHEÇO ALGUNS QUE O FIZERAM, MAS COMO CONTRIBUINTE ESPERO QUE MAIS CEDO OU MAIS TARDE O DEVOLVAM, É POR ESTAS E POR OUTRAS QUE O PAIS ESTÁ COMO ESTÁ…….

    Responder
    • José Aperta o laço

      Já tinha SAUDADES dos seus comentários, não sei se terá sido o pedido do Senhor Jorge Gonçalves ou não mas de uma forma ou de outra seja bem vindo porque isto sem os seus comentários não é a mesma coisa.

      Responder
  6. Jovem pescador

    Se ja ativou onde é que tá o C * * * * * O do dinheiro? que é para falar portugues correcto… eu so recebi 1 vez e metade do que esta estipulado no contrato que eu assinei com o fundo de pescas… contrato esse que vai ser cancelado este ano…

    Responder
    • Tem alguma associação ou alguém quem o possa ajudar a reclamar/perceber o motivo pelo qual ainda só recebeu esse valor?
      Tente juntar mais pessoas que estejam na sua situação e façam uma exposição pública disso mesmo, mas diretamente ao responsável pelo FundoPescas…

      Responder

Deixe um Comentário