Social
Meio milhar de alunos das ilhas Faial e Pico sensibilizados para atividade de nadador-salvador

Meio milhar de alunos das ilhas Faial e Pico sensibilizados para atividade de nadador-salvador

O Diretor Regional dos Assuntos do Mar destacou a realização de sete sessões de sensibilização junto de alunos do ensino secundário e profissional do Pico e Faial para “divulgar a importância da atividade de nadador-salvador para a segurança balnear”, bem como a necessidade de formação específica para esta atividade.

Filipe Porteiro salientou que as pessoas habilitadas com o curso de nadador-salvador prestam um “serviço relevante” nas zonas balneares dos Açores, “promovendo a segurança dos banhistas e a qualidade da oferta a residentes e turistas, que cada vez mais usufruem das belezas únicas das praias e piscinas naturais” do arquipélago.

Esta iniciativa resultou da colaboração entre a Direção Regional dos Assuntos do Mar, os municípios de São Roque do Pico, Lajes do Pico, Madalena e Horta, a Capitania do Porto da Horta, a Associação de Nadadores-Salvadores dos Açores, as escolas Básica e Secundária de São Roque do Pico e das Lajes do Pico, as secundárias Cardeal Costa Nunes e Manuel de Arriaga e as escolas profissionais do Pico e da Horta.

O Diretor Regional adiantou que está agendada para este ano a realização de três cursos de nadador-salvador nas ilhas Terceira, Santa Maria e São Miguel.

Os cursos serão realizados pela Federação Portuguesa de Nadadores-Salvadores, em colaboração com a Associação de Nadadores-Salvadores dos Açores de 5 de abril a 18 de maio, na Praia da Vitória, de 1 a 30 de maio, em Vila do Porto, e de 14 de maio a 22 de junho, em Ponta Delgada.

Os interessados podem obter mais informações no endereço eletrónico www.fepons.org/?fepons=page&pagina_id=20.

Para frequentar estes cursos e outros que venham a ser agendados, os interessados devem contactar os serviços da Capitania, a Delegação Marítima da ilha de residência ou a Associação de Nadadores-Salvadores dos Açores (www.acoresansa.pt/a-ansa).

A Direção Regional dos Assuntos do Mar, à semelhança do ano passado, vai apoiar a inscrição dos formandos, incentivando, deste modo, o reforço do número de nadadores-salvadores nas zonas balneares do arquipélago.

Fonte: GaCS

Deixe um Comentário