Social
Atuneiros penhorados em São Jorge

Atuneiros penhorados em São Jorge

A empresa de construção civil Castanheira e Soares reclama da conserveira Santa Catarina o pagamento de uma dívida de 50 mil euros e por isso penhorou os dois atuneiros.

Os pesqueiros pertencem à empresa Companha, detida a noventa por cento pela Santa Catarina. O processo remonta ao tempo do empresário José Leovigildo, que, entretanto, vendeu a Santa Catarina ao governo regional. Os atuneiros penhorados são o Maria Leontina e o Bela Aurora.

A Castanheira e Soares atravessa dificuldades financeiras devido ao facto de não ter conseguido cobrar várias obras a entidades públicas e à crise na construção civil. A empresa já despediu a maior parte dos seus trabalhadores.

Fonte: RTP Açores

22 Comentários neste artigo

  1. j,machado

    sao todos unx cagoes de merda,para o paplona meio metro de corda era pouco,os pescadores diviam era te acalcar troca a vista do xxxxxx ,

    Responder
  2. Acho que este espaço deve servir unicamente para reflectir seriamente sobre sobre a classe piscatória e o estado das pescas na Região,na procura das melhores soluções e não para lavar roupa suja de uma forma insultuosa, pois se isto está a ficar complicado, tenham a certeza que vai ficar pior e em vez de nos dividirmos devemos unir fileiras para o que aí vem.

    Responder
  3. o tanjão alguma ves esta situação do Sr.xxx prusdica alguma pesca, tenha paciencia.

    Responder
  4. Este senhor Ainda, mais parece uma anedota, então não interessa que os requesitos que são necessarios para ter a licença sejam falseados o que importa é que se apresente os mesmos. Acha paciencia para mentes destas. É por estas e por outras que as Pescas nunca irão para a frente. E á que dizer que os responsaveis politicos tem muita culpa de tudo isto, é um tal dar jeitos que depois ~já não sabem a quantas andam.

    Responder
  5. ja apanhei e ainda apanho peixe que nenhum de vós apanha, nem nunca vai apanhar.e o Sr.xxx não me encumoda nem um pouco não sei porque fazem disto um probleme

    Responder
  6. Oh Senhor Ainda,mas o Senhor Pereira disse alguma mentira?
    Quer queira quer não , o que o homem disse é verdade.

    Responder
  7. me parece que o Sr.admisteador esta a querer criar algo que não percebo.eu não fiz qualquer tipo de acusação,apenas estava a comentar o comentario do Sr.pereira do dia 16 setembro 10.52 horas porque acho mal tarem a diser mal das pessoas sem fundamentos. boa tarde obrigado

    Responder
  8. Caro Sr. Ainda!
    Primeiro de tudo o victor não é o administrador deste site, por isso não misture as coisas! Se quiser mais explicações sobre a nossa resposta ao seu comentário, teremos todo o gosto em esclarecê-lo, sem qualquer problema.
    Mais uma vez lamentamos que realmente as pessoas não entendam o propósito deste site.

    A única coisa que pedimos foi unicamente para não referir nomes, quando se fazem acusações deste género.

    Obrigado pela compreensão.

    APEDA

    Responder
  9. a baliza é grande e o guarda redes é pequeno

    Responder
  10. apeda ou o victor esta desculpar o S.pereira,este é que esta a valar do s.xxxx . eu so disse a verdade,o s.xxx não esta prosdicando ningeum esta fazendo a sua vida dentro da lei.e agora vem a apeda…victor dezer que eu sou o mau da fita. posso dar a cara se quizer não projudiquei ninguem, só defendi o s.xxx obrigado s. victor passe bem

    Responder
  11. Caro Sr. Pereira!
    O nosso comentário anterior teve que ver com o comentário do Sr. Ainda, e não com o seu. Não compreendemos o porquê da sua decisão e lamentamos se realmente deixar de comentar no site. Se realmente compreende a nossa posição, compreende a nossa resposta ao Sr. Ainda!

    Quanto à questão que levanta sobe a APEDA, enquanto associação, expôr e denunciar situações que sejam menos “justa” por parte de algumas pessoas e/ou possíveis Associados, não depende só da pessoa que está à frente desta Associação. Seria necessário consultar os associados para saber a opinão destes quanto a essa nova “função”, que a APEDA teria. Principalmente porque estamos a falar num site que tem como objetivo aproximar os profissionais deste setor e demonstrar que podem ter alguma força quando unidos para o mesmo fim.
    A Associação existe porque existem associados e digamos que eles é que são a APEDA.
    Compreende?

    Mais uma vez, lamentamos essa sua posição e agradecemos o contributo, tanto do Sr. Pereira como de todos os outros, que tanto têm servido para manter vivo este site.

    Com os sinseros cumprimentos,
    APEDA

    Responder
  12. OK,..COMPREENDO A POSIÇÃO DA APEDA. NO ENTANTO SÓ PEDI UM PARECER SOBRE ESTA SITUAÇÃO QUE PENSO SER IMPORTANTE…PARA ALÉM DISTO E DEPOIS DO DITO PELA APEDA, A PARTIR DE HOJE DEIXO DE FAZER MAIS QUALQUER COMENTÁRIO NESTE SITE.FOI UM PRAZER TER ,PENSO QUE SEM EXAJERO CONTRIBUIDO AO LONGO DESTE TEMPO PARA “APIMENTAR” ALGUNS ASSUNTOS RELACIONADOS COM A PESCA NOS AÇORES…ATÉ UM DIA……PEREIRA

    Responder
  13. Meus caros Srs.
    Pedimos aos Srs. Comentadores que se abstenham de fazer acusações directas a pessoas, independentemente se são nossos associados ou não. Isto, e caso não tenham esse conhecimento, é CRIME perante a Lei acusar alguém sem provas fundamentadas dessa mesma acusação. E entenda-se “provas fundamentadas” como provas capazes de serem utilizadas em tribunal! Não adianta dizer que “toda a gente sabe”, porque feliz ou infelizmente para a justiça isso não serve… Nessa condição, a pessoa lesada pela acusação pode acusar a pessoa “acusadora” por difamação. Isto tudo perante a Lei..claro!

    Neste caso, a identidade dos senhores está protegida e dessa forma é fácil e seguro fazer esse tipo de afirmações. Caso já não acontece com este site, que é público e está identificado. Se a pessoa lesada pelo comentário quiser colocar a APEDA em tribunal, pode fazê-lo. Risco esse que não queremos correr.

    Por isso desde já pedimos as sinseras desculpas ao Sr. Ainda pela retirada do nome que identificou. Se quiser mais esclarecimentos sobre a razão pela qual o fizemos, pode entrar em contato com a administração do site através do e-mail (apeda@pescazores.com).

    Muito obrigado pela compreensão.

    Com os melhores cumprimentos,
    APEDA

    Responder
  14. bem.S.pereira,voce até pode ter alguma rasão,mas o S.XXXXX está dentro da lei.para ter acéso há licença de pesca tem determinados requesitos,esses são compridos nada mais há a fazer.e ainda tem uma vantagem,este não esta a contribuir para um maior esforço de pesca…..

    Responder
  15. esta mal a castanheira so depois da santa catarina ser vendida e k se lenbrou da divida

    Responder
  16. 11 de Setembro de 2012 às 21:53

    Veja Sr, Gredorio o caso de duas empresas do Estado uma Contimental DOCAPESCA, – http://www.docapesca.pt/ – Informação, Promoção do Pescado, Estatisticas, Legislação.
    A Regional LOTAÇOR SA, – http://www.lotacor.pt/
    Informação, e Muita publicidade do Subsecretário e consequentemente do Governo.
    Depois estão ao serviço das Pescas.

    Responder
  17. VERGONHA,VERGONHA TAMBEM É HAVER PARA AI ARMADORES QUE POSSUEM 2 E 3 BARCOS E ESTES DURANTE UM ANO NUNCA SAEM DA PONTA DA DOCA PARA FORA, ISSO É QUE É UMA GRANDE VERGONHA E ESTES BARCOS FAZEM MAIS LOTAS DO QUE AQUELES QUE ANDAM TODO O ANO NO MAR…GOSTAVA QUE O SR. PÃODELONA SE POR ACASO VISITAR ESTE SITE OU ALGUM DOS SEUS COLABORADORES VIESSE INFORMAR COMO ISSO É POSSIVEL, ALIÁS ISTO É DO CONHECIMENTO DA APEDA, TAMBEM A PRÓPRIA APEDA PODERIA DAR O SEU COMENTÁRIO A ESTA QUESTÃO QUE FAÇO REFERÊNCIA, PENSO QUE É UMA MATÉRIA DE INTERESSE PARA AS PESCAS..COMO SE DÁ LIÇENÇA DE PESCA A UM BARCO QUE NÃO SAI DA DOCA À 10 ANOS.FICO A AGUARDAR UMA OPINIÃO DA APEDA.

    Responder
    • Caro Sr. Pereira!
      A questão não passa por termos ou não conhecimento desse assunto. A grande questão será: Se de fato isso fôr verdade, então porque é que as entidades competentes não fazem nada sobre isso!
      O problema é que a pessoa (que pertence à Lotaçor) que faz a introdução dos dados correspondentes à embarcação de origem do pescado, não tem poder ou autoridade para desautorizar o armador.
      Segundo a legislação, um dos princípios para que um armador obtenha a licença de pesca é fazer um mínimo de 2500€ em lota. Se a entidade que fornece as licenças de pesca não verifica a veracidade dos dados sobre o pescado que entra na lota, é algo que não nos compete fazer. Se a pessoa que insere os dados poderia/deveria ter poder para fazer esse tipo de fiscalização? Talvez… Se iria dar resultado? Não sabemos.

      Agradecemos a vossa participação.

      Com os melhores cumprimentos,
      APEDA

      Responder
      • OBRIGADO À APEDA POR TER RESPONDIDO AO MEU COMENTÁRIO.NA REALIDADE O QUE EU PRETENDIA ERA UMA OPINIÃO SOBRE ESTA SITUAÇÃO.O FATO É QUE ISTO É VERDADE E A PRÓPRIA APEDA SABE QUE ISTO É VERDADE, MAS TALVEZ PARA SER POLITICAMENTE CORRETA PERGUNTA SE É VERDADE.PENSO É QUE ESTA MATÉRIA DEVERIA SER COLOCADA NO FUTURO, SEM SE TER MEDO DE IR CONTRA PESSOAS QUE POSSAMOS CONHECER, MAS ESSES MESMOS INDIVIDUOS QUE A APEDA BEM CONHECE SABE QUE ANDARAM NOS ULTIMOS 30 ANOS A EXPLORAR OS PESCADORES(MAIS ESPLICITO NÃO POSSO SER), POR ISSO NÃO FARÁ MAL COLOCARMOS ESTAS QUESTÕES .SE OS QUE TOMAM DECISÕES NÃO FAZEM NADA PORQUE NÃO VIR PARA A PRAÇA PÚBLICA EXPÔ-LAS?DENÚNCIÁ-LAS E DIZER QUE ASSIM TÁ MAL, TAMBEM DEVE SER UM COMPROMISSO DE ALGÉM QUE REPRESENTA OS PESCADORES, MESMO QUE DENTRO DE UMA ASSOCIAÇÃO HAJA QUEM POSSA SER INFRATOR.

        Responder
  18. Vergonha.

    Responder
  19. Adalberto

    É uma pouca vergonha esta Santa Catarina, e a ilustre candidata do PSD, a Dona Berta ainda ontem veio dizer na RTP, na sua viagem a S.Jorge que iria apoiar a Santa Catarina se fosse eleita.São todos iguais, comem todos do mesmo prato.

    Responder
  20. Gregório

    E com a falta de dinheiro que para ai vai, ainda vai chegar a hora da Santa Catarina. Ainda não perceberam que é inviavel aquela unidade fabril, só está aberta porque o Governo anda a enterrar milhões de euros ali, tudo dos nossos impostos e dos pescadores. Pouca vergonha, esta empresas do estado, é só desperdicio de dinheiros publicos.

    Responder

Deixe um Comentário