Social
Banco Condor vai continuar interdito à pesca até 2014

Banco Condor vai continuar interdito à pesca até 2014

O Governo dos Açores decidiu prolongar a proibição de pesca na área do banco Condor até ao final de 2014

A medida visa permitir a realização de um maior estudo sobre os ecossistemas dos montes submarinos açorianos.

A pesca está interdita naquele banco submarino desde abril de 2010 e deveria ser retomada a partir de maio deste ano, tendo a decisão de manter a proibição sido tomada por proposta do Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos Açores e da Federação das Pescas dos Açores.

O monte submarino Condor, com 26 quilómetros de extensão e 7,4 quilómetros de largura, está situado a 18,5 quilómetros a sudoeste da ilha do Faial, a uma profundidade que varia entre 180 e mais de 1.000 metros.

Naquela zona do mar dos Açores está a decorrer o projeto denominado ‘Observatório para o estudo de longo prazo e monitorização dos ecossistemas de montes submarinos nos Açores’.

No âmbito deste projeto, foi instalada no banco Condor uma estação científica de observação permanente considerada de grande importância para o conhecimento daquela área.

Para garantir a realização dos estudos, foi proibida, pelo Governo Regional dos Açores, a pesca comercial e a lúdica, incluindo a pesca turística, determinando ainda a portaria do executivo regional que as embarcações que se encontrem naquela zona não podem ter a bordo artes de pesca.

Para o Governo dos Açores, o carácter inovador e multidisciplinar do projeto Condor permitirá aumentar o conhecimento sobre os ecossistemas dos bancos e montes submarinos existentes no mar do arquipélago, onde estão identificados 63 grandes montes marinhos, com altitudes superiores a 1.000 metros, e 398 mais pequenos.

Um estudo efetuado pelos investigadores do DOP entre 1998 a 2008 indica que o banco Condor rendeu, em termos de valor económico, mais de cinco milhões de euros aos profissionais do setor das pescas.

Fonte: INCENTIVO

1 Comentário neste artigo

  1. blank
    Pescador preocupado

    Cinco milhões e fica fechado é que nem os pescadores nem o governo precisão de dinheiro.só os biológicos.

    Responder

Deixe um Comentário