Social
Fuga à lota em São Miguel // Há armadores de chicharro que pescam uma tonelada quando deviam pescar 250 quilos

Fuga à lota em São Miguel // Há armadores de chicharro que pescam uma tonelada quando deviam pescar 250 quilos

Armadores da pesca de chicharro voltam a estar revoltados com a crescente fuga à lota de toneladas de peixe que “favorece os que prevaricam” e “deixa na miséria quem está a actuar dentro das regras”.

Estes armadores referem que, actualmente, as embarcações de chicharro de Rabo de Peixe estão a pescar na zona das Capelas e dos Mosteiros e estão a descarregar o chicharro no porto da freguesia piscatória, na costa Norte. Denunciam, a propósito, que algumas destas embarcações estão a pescar à volta de uma tonelada de chicharro quando só podem pescar 250 quilos. Acrescentam que muito do chicharro estará a ser vendido em cima do cais do porto de Rabo de Peixe a vendilhões a preços muito baixos e que só uma parte é que passa na lota. Ora, disse um dos armadores, “se o funcionário da Lota se impuser ou denunciar estas situações, fica sujeito a ser agredido pelos armadores e pescadores”.

Acrescentam os armadores que contactaram o ‘Correio dos Açores’ que, quem deve estar a actuar com firmeza é a Inspecção Regional das Pescas e a Guarda Nacional Republicana. Dizem que a GNR autuou, recentemente, um armador de chicharro da Caloura que descarregou peixe a mais em Vila Franca do Campo mas, depois desta acção, “mais nada terá feito”.

Revelam os armadores que estão a descarregar o chicharro em Vila Franca do Campo fazem passar na lota os 275 quilos de peixe previsto na legislação mas existem dias em que os compradores não querem comprar todo o peixe e o restante vai para o Banco Alimentar. Isso faz com que existam semanas em que os pescadores levem para casa entre 40 a 50 euros por semana, praticamente quase um dia de trabalho de um pedreiro ou de um trabalhador rural. “Ninguém fiscaliza ninguém. Todos os que prevaricam ganham e quem trabalha direito é que fica prejudicado”, sublinha um dos armadores que contactou o ‘Correio dos Açores’.

Não é a primeira vez que armadores de chicharro, mais conhecidos como ‘chicharreiros’ denunciam a fuga à lota por parte de colegas seus que, procuram, “sem olhar a meios” obter ganhos com a pesca para “poderem sobreviver” deixando quem cumpre a lei “em grande dificuldade económica”.

Fonte: Correio dos Açores

19 Comentários neste artigo

  1. blank
    funcionario publico

    O sr presidente d associação de pescaodres e s. Jorge so confirma o que aqui disse..mas acho que deveria dizer o nome dos barcos para todos saberem quem são….

    Responder
  2. blank
    funcionario publico

    Sr Faial Atento, se percebi….funcionário público com a 2º atividade a pesca profissional? não é a questão de ter duas atividades, é de se achar que 3 mil euros faz alguém profissional…independemente da profissão principal que tenha. Se calhar se fosse 6 ou 7 mil euros , retirava-se muitos desses “segundarios”….

    Responder
  3. blank
    FAIAL ATENTO

    lei 3 mil e para funcionário publico que tem 2 profissão pescador.

    Responder
  4. blank
    funcionario publico

    Sr Pereira, com todo o respeito que merece a classe, a profissão de pescador não tem comparação, porque é difícil e dura,….pois é…e ser medico…e ser piloto…ou ser o homem da recolha do lixo…todas as profissões tem coisas difíceis sejam ao nível físico ou de desgaste psicológico…sim sou pescador d eTerra. A minha intervenção neste fórum, foi no sentido de vos transmitir como cidadão que olha para a classe de fora, que se sujeita a um conjunto de restrições legais, por ser trabalhador do estado e não tem qualquer apoio seja em que medida for, constatar que sendo anunciado e visto mil´~es investidos nas pescas, sejam comunitários mas também do governo regional, ainda existem pescadores que se queixam que passam fome…que vejo pescas de palangre dentro das 3 milhas, e a própria classe não se insurge contra isso pelas associações…vejo que fazem fugas á lota e acham bem…”para não pagar impostos ao estado”….outro dia me disserem que por lei, um profissional da pesca para renovar a sua licença tem de fazer o mínimo de 3 mil euros por ano!!! fiquei surpreendido…desde quando um profissional de uma atividade vive com 3mil euros anuais…mas esses armadores vão receber todos os apoios e mais alguns…isso faz algum sentido…e ninguém dentro do setor se insurge contra isso…Bem para mim ficou claro…se alguém é vosso amigo são os governantes, porque aquilo que vou vendo são de mão aberta e não vos exigem absolutamente nada….

    Responder
  5. blank

    SR. FUNCIONÁRIO PÚBLBICO CONCORDO COM QUASE TUDO O QUE DIZ,ESPECIALMENTE QUANDO SE REFERE EM QUE OS ARMADORES RECEBEM DEMAIS E OS SEUS FUNCIONÁRIOS(PESCADORES) REALMENTE NÃO VEÊM ESSE DINHEIRO SUBSIDIÁRIO LHE CABER , NEM QUE SEJA UMA MÍSERA PARTE, NO ENTANTO DISCORDO CONSIGO EM COMPARAR ESTA PROFISSÃO COM OUTRAS,…PORQUE REALMENTE PENSO QUE A PROFISSÃO DE PESCADOR NÃO TEM COMPARAÇÃO…É REALMENTE UMA PROFISSÃO MUITO DURA E DÍFICIL…UMA COISA É SER PESCADOR NO MAR….OUTRA COISA É SER “PESCADOR”…EM TERRA…..

    Responder
  6. blank
    funcionario publico

    Sr Pereira…frustrado não… mas irritado com quem só vê o seu umbigo e não percebe que se calhar tem uma vida financeiramente boa quando comparado com a maioria das pessoas nesta região, mas mesmo assim acha que é pouco…deverá concordar quê se tem gasto milhões neste setor, que nunca na vida haverá retorno…mas memso assim ainda existe quem ache pouco…mas será que esses pescaodres já se puseram na pele de quem recebe pouco mais do que ordando mínimo e trabalha para o estado…NÂO PODE FUGIR AO FISCO NEM INVENTAR ROL DE TRIPULÇÃO DE 30 PESSOAS para pagar menos aos fisco…despesas da empresa…e recebem apoios para tudo..e um gajo esmifrasse para ter o mínimo…e depois vê alguns pescadores – armadores a queixar-se …Epá vão dar banho ao cão…”estou a morrer de fome” a”a lota não paga ” etc…não temos caixas e depois andam com elas aos montes nas casa de aprestos, nas rações para o gado…etc…bem …Sr Pereira…respeito os homens do mar porque é um trabalho duro, mas não é pior do que um lavrador que não tem domingos nem feriados…nem mau tempo para não trabalhar…nem subsidio de mau tempo…mas são mais a svezes que os pescadores a queixar-se que os lavradores…os funcionários públicos…onde existe pessoas que gostam de os diabolizar…mas sustentam muita destas coboywadas,se calhar poderíamos ter melhores ordenados se o estaod não tivesse de financiar uma atividade que não é sustentável…é por isso que digo o papel do coitadinho já não pega…

    Responder
  7. blank

    ÉLÁ…..JÁ HÁ MUITO TEMPO QUE ESTE SITE NÃO TINHA UMA DISCUSSÃO TÃO ACESA….E COM INTERVENIENTES NOVOS…..ESTE SENHOR FUNCIONÁRIO PÚBLICO TEM UMAS IDEIAS INTERESSANTES QUE EU NÃO POSSO DEIXAR DE CONCORDAR, MAS TAMBÉM O ACHO UM BOCADINHO FRUSTADO…DEIXE LÁ ISSO HOMEM, QUE ISSO NÃO LEVA A LADO NENHUM E AGORA TEMOS 21 MIL MILHÕES PARA GASTAR ATÉ 2020 E É PRECISO DÁ-LO A ALGUÉM ..E PENSO QUE SERÃO SEMPRE OS MESMOS A RECEBER.

    Responder
  8. blank
    funcionario publico

    já percebi que toquei na coisa sr faial atento, porque essa do mercedes , tem fiat, …gostasva de ver esses descontos que dá para pagar isso tudo..o Sr Faial Atento quando uma atividade é subsidiada, quer dizer que não é sustentavle por si própria…nem é preciso saber economia..porque se os senhores desocntam para pagar isso tudo …então os subsídios é só lucro….se assim é… andam a enganar o publico em geral quando vem dizer que tem fome….a lota paga tarde!!!! eu só recebo uma vez por mês…e tenho contas para pagar todos os meses como toda agente…ou a LOTa leva meses a pagar? Eu achao é que de fato existem pescadores que até podem passa alguma necessidade, mas os armadores tenho duvidas!!! E Acredite que não ando a dormir…estou bem atento… o senhor é que tem de perceber que essa do pescador coitadinho já não pega…o sr é que devia ficar atento… porque o dinheiro está a faltar para todos, e talvez era hora de acabar com esses subcidios todos e ajudar quem realmente precisa…se calhar pagar melhor aos seus companheiro e DECLARAR TUDO o que paga de soldada…ou pesca sozinho e dividi tudo por igual???Já sei tem d ehaver uma soldada par ao barco…ok…avarias pinturas..o Sr Deve ser dos pouco que distribui o poseima pelos companhaeiros ou não?

    Responder
  9. blank
    FAIAL ATENTO

    sr funcionário publico deve andar a dormir, não sabe descontes que o pescadores fazem,dá para pagar isso tudo .2 anos sem poiseima.lota paga tarde e outras coisa mais.quanto cherne a 15´,tambem gostava ter um merçedes mas tem um fiat comem uns charrinho é bom

    Responder
  10. blank
    funcionario publico

    exmo srs, á muito que vejo os fiderente comentários e podem querer que a minha opinião é partilhada por muita gente…quando vejos as condições nos portos da região, quando se sabe que não pagam luz agua, utilização de equipamentos do porto, são subsidiados para comprar equipamntos, que a lotaçõr é publicae portanto uma parte do dinheiro vemde todos, que são subcidiados no gasóleo , em parte por dinheiro da região, e ainda arebem dinheiro por por determindas espécies alem do que recebem em lota…e ainda os vejo a queixar…cherne em lota a 15 euros ou mias, goraz nem vê-lo…um rocaz nem pensar, porque mesmo na lota sai caroainda se consegue comprar uma abrótea ou boca negra…tenho um ordenado fixo é verdade, mas a maioria das pessoas que andam na função publica pouco mais do ordenado mínimo…quantos armadores ganham isso? já sei muitos não é? pois se calhar o problema reside nas ajudas, porque a mim não me aumentam o ordenado para sustentar tudo isso…pois é diferente prespetiva….

    Responder
  11. blank

    Talvez a solução seja isso mesmo…deixa andar..sem limite á linha de costa, deixar o banco D. João de Castro, condor, as formigas, para quem quiser pescar..de palangre , linha de mão ou mesmo com petardos….não é preciso licenças pesca, nem rol de matricula, vistorias para quê….só preciso do do gasóleo pescas, do posima no fim do ano…já agora, acabem com a Lota açor empresa publica paga pelos contribuintes, para se vender tão pouco peixe….haaa já me esquecia..vão romedelando as casa de aprestos que a gente agradece…façam manutenção dos travel lifts e guinghos dos portos da região, é para isso que os contribuintes descontam…somos uns trites mortos de fome…não queremos fundo pescas, queresmos o RSI, cem euros por cada metro de embarcação medido fora a fora….Quanto ao roazes e toninhas, se calhar poderíamos ter uma época de caça as tonihas tipo coutada…cada toninha 1000 euros…chama-se caça turismo, nos barcos dos pescadores profissionais… tenham santa paciencia é por isso que isto não sai da cepa torta….

    Responder
  12. blank
    FAIAL ATENTO

    deixa lá os roazes são lindos

    Responder
  13. blank

    VEJO QUE A “AMIGA” GAIVOTA SABE UMAS COISAS…….HEHHEHE

    Responder
  14. blank

    Senhor Pereira
    Estou com fome, mas tenho medo de levantar voo, ontem e hoje deve andar por lá muito movimento (o drone) para tirar umas imagens, vou evitar levantar voo para me alimentar com um “chicharro” ou um “peixão” que vai levado depois de marcado e devolvido novamente ao mar se conseguirem passar pelo exercito dos ROAZES que serram fileiras na poupa da fragata branca (corro um grande risco de embater ou levar com um drone. Novamente vou fazer, também hoje mais um dia de jejum ou dieta.
    Ontem Hoje e Amanhã é dia de festa para os lados do banco condor, pois estão a servir pequeno almoço, almoço e jantar a uma cambada de animais que na gíria lhes chamam ROAZES, vale a pena apanhar peixe marca-los, larga-los ao mar e assistir ao festim, lindos animais muito sociaveis é pena não terem levado uma equipa da CNN (não sei se levaram” ou outra para fazer umas óptimas filmagens.
    Gaivota

    Responder
  15. blank

    PESCAS FRACAS….POR ESTES DIAS NÃO SE PODE PESCAR NO CONDOR….ESTÁ LÁ A FRAGATA BRANCA………..

    Responder
  16. blank

    Este setor está podre, mas é pelos próprios pescadores que não se respeitam….ilhas como s. Miguel e terceira, é pescar dentro das 3 milhas…é fuga á lota…é goraz fora da medida…Cambada de imbecis que ainda não perceberam que se o pescador não quiser cumpriri com as leis , não é a fiscalização que vai resolver…porque cumpriuri com a lei está na educação e na cabeça de cada um….e não de existir mais ou menos fiscalização….

    Responder
  17. blank
    Anónimo

    Pois é Sr. Pescador Preocupado…o que vou assistindo é que existem pescaodres que falam dos outros, porque fazem pesca ilegal ou fuga á lota, mas quando o governo faz o que deve , prendendo embarcações por uns meses como aconteceu em alguma ilhas, são os mesmos pescadores que falam mal dos colegas depois vem dizer que isso não se faz… Outro exemplo é da falta de panas na Lota…vem se a saber que o que não falta é panas NAS CASAS DE APRESTOS…agora se o governo quiser ir da casa em casa abrir a porta…lá vem a cambada a dizer que é invasão, que aquilo é deles etc…sem contar com as associações que não dizem nada aos seus associados … Gostava de ver as associações a pressionar os seu associados a devolver a spenas que estão nas casa de aprestos, a condenar em publico e a dizer os nomes dos infratores, a defensder junto do governo a redtirada dos apoios do governo a esse piratas identificados por todos…é porque se o governo tem de fazer o seu papel, os pescadores tem de tentar por ordem na sua casa…mas o papel de mau ninguém quer…Maus hábitos…os diferentes governantes sempre tiveram as mãos abertas mas nunca exigiram nada do sector…e depois é o que se vê…Outro exemplo….a exploração que se faz na pesca do chicharro em s. Miguel…não vejo ninguém a combater isso, porque são os próprios pescadores que se exploram os que lá andam…ninguém fala disso…

    Responder
  18. blank
    Pescador Preocupado

    Comantarios para que?resolve alguma coisa? isso anda assim e muito pior… digo aqui o que ja disse anteriormente, cada um por si e deus por todos. quando o governo decidir atuar que atue avontade eu por min ja nao ligo a nada disso. caguei-te mariano!!!!

    Responder
  19. blank
    Anónimo

    Onde andam os comentadores destas noticias que dizem que os pescadores são uns desgraçados perseguidos pelas autoridades…. é só um exemplo de em qualquer profissão existe gente boa e gente má em termos profissionais… querem que as autoridades resolvam…começem as vossa associações a fazer pressão sobre esses piratas…porque não vão os senhores prejudicados lá tentar resolver as coisas? Isso é para as autoridades resolve não é? agora são precisos….para os outros!!!! cambada ….queria ver essa gente a trabalhar sem subsídios…a pagar tudo do seu bolso…a pagar aluguer de casas de aprestos…a pagar para usar travellifts…barrigas cheias….

    Responder

Deixe um Comentário