Social
Pescas em Santa Maria

Pescas em Santa Maria

Esteve em Santa Maria , no passado dia 16 de Março, o Subsecretário Regional das Pescas, numa visita que o presidente da Associação de Pescadores de Santa Maria considerou de rotina e que, Marcelo Pamplona disse tratar-se da política de proximidade que o Governo Regional mantém com os profissionais do sector, no sentido de debater os problemas relacionados com as pescas  e também preparar a próxima safra do atum.

Acompanhado pela associação de pescadores o Subsecretário Regional das Pescas, na parte da manhã ,  visitou o porto de pescas de Vila do Porto e os portinhos  da Ilha, a fim de se inteirar de deficiências  existentes  e  dos estragos causados pelo mar em alguns desses portinhos  e das  respectivas rampas de varagem, tendo em vista  corrigir essas deficiências,  melhorar a   operacionalidade dos mesmos e   e  também encontrar formas de colaboração na gestão daqueles espaços portuários.

Das obras a realizar, soubemos que ficou assente a realização da dragagem do portinho da Maia.

 Marcelo Pamplona também esteve no Entreposto Frigorífico, com especial atenção nas câmaras frigoríficas que ainda têm peixe, tendo em vista uma melhor organização de todas as questões logísticas à volta da próxima safra do atum, tendo afirmado que se houver necessidade a região recorrerá a contentores. Além disso deixou a promessa que os grandes atuneiros não descarregarão em Santa Maria.

Da parte da tarde Marcelo Pamplona reuniu com os pescadores, tendo-se feito acompanhar pelos deputados Duarte Moreira e Bárbara Chaves. O objectivo da reunião foi debater questões relacionadas com as pescas em Santa Maria e também com questões  que tem a ver com o novo regime da Segurança Social, e o novo quadro legal da pesca açoreana, nomeadamente  nos aspectos ligados às lotações de segurança e tripulações, e também aspectos ligados a artes de pesca de isco vivo com redes de cerco, com argolas e retenidas, dado que as novas embarcações adquiridas pelos pescadores têm agora maior capacidade de captura que as anteriores.

Fonte: O Baluarte

Deixe um Comentário