Social
Plataforma marítima de produção de electricidade de Viana do Castelo tem luz verde

Plataforma marítima de produção de electricidade de Viana do Castelo tem luz verde

O Conselho de Ministro aprovou hoje, 24 de Novembro, uma resolução que conclui os procedimentos de instalação de plataforma marítima de produção de electricidade, ao largo de Viana do Castelo.

Segundo comunicado do Executivo, “pretende-se, assim, concretizar o projecto de produção de electricidade em fase pré-comercial, denominado Windfloat, através da criação de condições para assegurar a sua ligação à rede eléctrica pública e o licenciamento, até 18 de Dezembro de 2016, bem como promover a alteração da localização da zona piloto das ondas situada ao largo de São Pedro de Moel para Viana do Castelo, com vista à sua revitalização”.

 

Plataforma flutuante

O projecto WindFloat éconduzido pela EDP Inovação em parceria com a EDP Renováveis. Com este projecto, a EDP desenvolve uma tecnologia que vai permitir a exploração do potencial eólico no mar, em profundidades superiores a 40 metros. O foco de inovação do projecto baseia-se no desenvolvimento de uma plataforma flutuante, partindo das experiências da indústria de extracção de petróleo e de gás, onde irá assentar uma turbina eólica com vários MW de capacidade de produção.

A plataforma flutuante é semissubmersível e fica ancorada ao leito do mar. A sua estabilidade é conseguida através de um sistema de comportas que se enchem de água na base dos três pilares, associadas a um sistema de lastro estático e dinâmico. O sistema WindFloat adapta-se a qualquer tipo de turbina eólica offshore. Este sistema é totalmente construído em terra, incluindo a montagem das turbinas – evitando assim difíceis e dispendiosos trabalhos em alto mar.

O projeto WindFloat engloba a concepção e construção de um prototipo onde é montada uma turbina eólica de 2 MW. O protótipo foi instalado ao largo da costa portuguesa, perto de Aguçadoura, e ligado à rede eléctrica em finais de Dezembro de 2011. Trata-se do primeiro projecto de instalação de turbinas eólicas offshore em todo o mundo que não implicou a utilização de pesados sistemas de construção e montagem no mar.

Fonte: Agricultura e Mar Actual

Deixe um Comentário