Social
Venezuela paga dívida de 7 milhões à Cofaco

Venezuela paga dívida de 7 milhões à Cofaco

O Ministro português dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, anunciou hoje em Cabo Verde que a Venezuela vai pagar à conserveira Cofaco uma dívida de 7 milhões de euros.

O problema foi desbloqueado depois de um encontro entre Paulo Portas e o seu homólogo venezuelano.
A exportação de conservas dos Açores para a Venezuela chegou a estar suspensa por causa desta dívida.
O Cofaco emprega 600 pessoas nas ilhas de São Miguel e Pico.

Fonte: RTP Açores

2 Comentários neste artigo

  1. blank

    Porque em S. Jorge e no Pico, estão todos vendidos ao Poder.
    vamos a saber é daqui em diante como vai ser. Penso que temos muitos elefantes brancos por estas ilhas.

    Responder
  2. blank

    Será que a Lotaçor / “IRÁRIO PUBLICO” irão receber algum daquele que investiu no grupo Cofaco?
    (FORAM QUANTOS MILHÕES)!, ainda se recordam? este grupo por sua vez já pertence, sabe-se-lá a quem, Ingleses?.
    Mais uma vez paga e não bufes. Porque será que ninguém fala da B J Borjes que fechou na Ilha do Faial?, e numa opção semelhante em São Jorge fez precisamente o contrario em relação à Santa Catarina, quando a maioria do atum que lá chega é por contentor e congelado e algum não é capturado na Região, (teremos que reconhecer eles tem um bom produto até com prémios ganhos (alguns com marca do produto capturado nos Açores), teremos que dar valor a quem o tem) mas continua a pergunta no ar até porque o porto da Horta nada tem a haver em condições de abrigo e trabalho por exemplo com o São Jorge e até Pico. Porque?.

    Responder

Deixe um Comentário