Social
Visões diferentes sobre os Assuntos do Mar no Fórum do Mar

Visões diferentes sobre os Assuntos do Mar no Fórum do Mar

Tiaggo Pitta e Cunha, conselheiro da Presidência da República para os Assuntos do Mar, traçou um quadro negro do país nos assuntos do Mar, contrastando com o optimismo de Frederico Cardigos, director regional dos Assuntos do Mar.

Tiaggo Pitta e Cunha considerou que a nível nacional está quase tudo por fazer na política do mar. O estado emperra e bloqueia onde devia promover, falta uma visão estratégica integrada, e falta capacidade de internacionalização.

Em forte contraste Frederico Cardigos diretor regional dos assuntos do mar apresentou um cenário idilico do mar dos Açores. Frederico Cardigos relevou o reconhecimento internacional da Fábrica de Santa Catarina, mas ignorou os 9 milhões que o Governo colocou ali. Também não referiu o sector das pescas em crise, as estruturas cooperativas em falência técnica ou o preço e as taxas dos portos, consideradas excessivas, ou as falhas na fiscalização da região, por falta de meios. Uma excelência de galardões conquistados, de reconhecimento internacional, de potenciais imensos e de elevado optimismo, pintado em tons rosa.

No quadrante oposto esteve o conselheiro de Cavaco Silva para os Assuntos do Mar. Tiaggo Pitta e Cunha traçou uma radiografia aos problemas nacionais do sector, com a falta de uma visão integrada, e com as insuficiências do estado, na linha da frente das preocupações estratégicas actuais.

Num aspecto vários dos especialistas nacionais pareceram estar de acordo, o Estado deve limitar-se ao papel de regulador, e cabe ao sector privado encontrar e desenhar soluções de interesse económico.

Se possível, com apoios nacionais, se necessário, com apoios estrangeiros e parcerias internacionais. A única certeza foi a de que o mar tem um importante papel a desempenhar no desenvolvimento económico nacional e regional.

Fonte: RTP Açores

21 Comentários neste artigo

  1. blank
    zé pescador

    TO LIXADO PORQUE DEPENDO DA PESCA.

    Responder
  2. blank

    OH SENHOR DESNORTE, VOCÊ FEZ TRÊS COMENTÁRIOS E NÃO DISSE NADA , PELO MENOS EU NÃO PERCEBI NADA A NÃO SER QUE ESTÁ UM POUCO EXALTADO E AI EU ACONSELHO A TOMAR UM APRAZOLAM 2MG.
    NO ENTANTO FEZ-ME RIR…ENTÃO O SENHOR QUERIA DESTRIBUIR AS EMBARCAÇÕES POR MONTE SUBMARINO??????….HEHEHEHEHE…E QUAL ERA O MONTE QUE LHE CABERIA?????FICAVA VOCÊ POR EXEMPLO COM O BANCO AÇORES E O SEU VIZINHO COM O GIGANTE??….HEHEHEHE, REALMENTE NUNCA VI IDEIA MAIS ESTÚPIDA!!!!

    Responder
  3. blank

    Olha olha os cavalos e o gasóleo que belo conto de fadas que não dava…aí rica gestão regional…

    Responder
  4. blank

    BEM , VAMOS LÁ A VER SE ME FAÇO ENTENDER:1 PONTO-EU NÃO ESTOU DE ACORDO COM O FACTO DOS PESCADORES DE S.MIGUEL E DA TERCEIRA ANDAREM A DEITAR PALANGRE NAS OUTRAS ILHAS DENTRO DAS 3 MILHAS( E NÓS SABEMOS QUE ELES O FAZEM)E PENSO QUE DEVERIAM SER SUJEITOS A MULTAS GRAVES E INCLUSIVÉ À PERDA DA LICENÇA DE PESCA.
    PONTO Nº2-PENSO QUE SE DEVE DEBATER O FACTO DE HAVER EMBARCAÇÕES DE GRANDE PORTE A PESCAR NOS MARES DOS AÇORES, MAS PESSOALMENTE PENSO QUE AI NÃO HÁ VOLTA A DAR UMA VEZ QUE AS MESMAS ACTUAM FORA DA ZONA DE PROTECÇÃO E AI É SÓMENTE UMA QUESTÃO DOS BARCOS SEREM MAIORES E AI NÃO SE PODE FAZER NADA , O QUE PODERIA SER FEITO , ERA OS PESCADORES APROVEITAREM AS REGALIAS E TAMBEM CONTRUIREM BARCOS SEMELHANTES.
    PONTO Nº 3-O FACTO DAS NOSSAS COSTAS ESTAREM DIZIMADAS, FOI CONSEQUÊNCIA DE À ANOS ATRÁS EMBARCAÇÕES ANDAREM A LAPIDAR COM PALANGRE , DENTRO DAS 3 MILHAS OS NOSSOS MARES E AI NÃO FORAM OS DE S.MIGUEL E DA TERCEIRA QUE ME LEMBRE, MAS SIM UNS SENHORES QUE VIERAM PARAR A ESTAS ILHAS VINDOS DO CONTINENTE, QUE ALIÁS NEM SABIAM PESCAR À LINHA DE MÃO E QUE NÃO SE IMPORTARAM SE ESTAVAM A PREJUDICAR A FAUNA, MAS SOMENTE EM FAZER DINHEIRO E AI NINGUEM OS CHAMOU DE PIRATAS, PORQUÊ?
    PORQUE NAQUELA ALTURA HAVIA PEIXE PARA TODOS E AGORA NÃO HÁ, POR ISSO CHAMAM “PIRATAS” AOS QUE APARECEM AI DA TERCEIRA E S.MIGUEL.
    PS: À FALTA DE PEIXE, O QUE AINDA VAI VALENDO É ESSAS REGATAS INTERNACIONAIS, QUE PASSAM POR AI NESTA ALTURA DE MAU TEMPO, E SEMPRE VAI FICANDO AI UM YATEZINHO SOBRE O MAR PARA SE FAZER UMA OPERAÇÃO DE “RESCUE”….HEHEHEHEHE

    Responder
    • blank

      Eu dava-lhe era valor se fosse busca-lo vocÊ…ficar com o spezinhos sequinhos e falar é facíl e pode dar milhões…há pois é…e mais lhe transmito senão fossem os tais continentais a virem para aí, secalhar vossa excelÊncia não mamava o dinheiro que agora mama todos os meses;)…e teria que pescar…não é uma questão de barcos ou de pessoas, o Cherne da sustentabilidade dos oceanos está na gestão… e a verdade é que enquanto se discute de quem é a culpa do estado a(c)tual se é dos locais, espanhóis, caxineiros ou chineses os recursos continuam a ser deslapidados e se esta vossa conversa não mudar, não há tempo que vos salve mas secalhar até interessa a alguem este tipo de discussão…Agora pergunto e uma gestão por monte submarino,ou seja olhar monte a monte gerir monte a monte e dividindo os barcos pelos diferentes pesqueiros!?…

      Responder
      • blank

        Se calhar não…dá muito trabalho… para não dizer que cada nobre tem seu condado e suas leis…por isso não deve interessar a ninguém…olha o fish é q se lixa e o SRº PEREIRA sempre se pode entreter a mandar piadas, que não está dependente deste…então afinal quantos cavalos é que tem seu motor Srº Pereira!?

        Responder
  5. blank

    ò Sr ainda estamos a tempo de salvar isto, vai custar mas estamosa tempo…viram a vergonha dos pescadores de s. Miguel que são apanhados a pescar ilegalmente e ainda refilam…isso tem de parar…não se pode aceitar que quem não cumpre com a lei ainda se faça de coitadinho….e tenha direito de antena…

    Responder
  6. blank

    ò Sr Pereira, o que vejo é que “os outros é que são maus” os de fora dos açores é que são maus feitores…. O mal que o sr quer imputar aos do continente, cai por terra por os decá fazem igual ou pior. E o pescador, seja de que ilha for,que não tem descernimento para ver verdade,é porque quer manter tudo como está….Sr Pereira, senão dermos o exemplo acha que alguem vai se importar??? E o problema dos Espanhois, nos AÇores com barcos da Região…tamos a falr de 2 ou 3 Barcos…esses é que fazem muito mal…..Tenham tento homens de Deus. Não posso negar que um Mestre bobicha a largar 100 gamelas de aparelho por lance e a trabalhar 24 horas por dia não faz moça porque faz….mas é ai mesmo que quero chegar…se conseguissemos endreitar isto, podiamos exigir que barcos desses parassem de operar…porque demos o exemplo..porque mostramos como se fazia…Mas primeiro Sr zé Pescador e Sr Pereira, temos de dar o exemplo

    Responder
  7. blank
    zé pescador

    E OS ESPANHÓIS AINDA PODEMOS DEBATER ANTES DO FIM DA LINHA. E NÃO VENHAM DIZER QUE OS BARCOS SÃO PORTUGUESES QUE A DIVISA VAI PARA ESPANHA.

    Responder
  8. blank
    rato da doca

    o desnorte tem razao já nao há nada para debater .é fim da linha………….

    Responder
  9. blank

    HÓ SR. ZÉ PESCADOR , EU NÃO DISSE QUE PODIAM DESTRUIR…INTERPERTOU MAL AS MINHAS PALAVRAS…É CLARO QUE NÃO DEVEM INFRINGIR A LEI NEM DESTRUIR OS RECURSOS E DEVEM SER RESPONSABILIZADOS POR ISSO, MAS ESTA QUESTÃO JÁ DEVERIA TER SIDO DEBATIDA À VÁRIOS ANOS, NÃO É UM PROBLEMA DE AGORA.

    Responder
    • blank
      desNORTE

      E quê por não se ter feito nada antigamente, acha que nos dias que correm nada pode ser feito!?Ou então são questões que não vale a pena debater!?Ou porque já não há nada para debater!?

      Responder
  10. blank
    zé pescador

    E os Espanhóis estão legais e a fazer o que os continentais fizeram mas mais longe da costa.Ó sr Pereira os Açores são dos Açorianos estes o podem destruir.Não concordo.

    Responder
  11. blank

    É ENGRAÇADO QUANDO ESTES SENHORES VEM AGORA CHAMAR PIRATAS AOS PESCADORES DE S.MIGUEL E DA TERCEIRA MAS À COISA DE 10 ANOS ATRÁS QUANDO OS VERDADEIROS PIRATAS QUE VIERAM NÃO DE S.MIGUEL NEM DA TERCEIRA , MAS SIM DO CONTINENTE, LAPIDAVAM POR COMPLETO AS NOSSAS COSTAS DENTRO DAS 3 MILHAS NINGUEM DIZIA NADA, NESSA ALTURA ERA ROCAZES, PARGOS , ABROTEAS, TUDO ,POR ISSO HOJE EM DIA AS NOSSAS COSTAS NÃO TEM NADA, ESTES SENHORES NUNCA DISSERAM NADA E AGORA CHAMAM PIRATAS , NÃO QUE ELES REALMENTE NÃO INFRIGAM A LEI , MAS PELO MENOS SÃO AÇORIANOS.

    Responder
  12. blank

    Bem …começo a ver que alguns senhores começam a por as garras de fora ao Sr SUB….ainda bem…parece-me que os unicos amigos são os que ainda estão para receber dinheiro e precisam da sua assinatura….hehehehe… MEus amigos isto não está para brincadeiras ..senão começam a por um travão nos Piratas que vem da Terceira e S. Miguel…e parece que já exsitem alguns na Graciosa…isto nunca vai resultar….Quem não cumpre com as regras tem de sair ou ser severamente castigado, porque está prejudicar que quer trabalhar sério….è um ultimo apelo ao Sr Secretário, tenha a coragem de parar os Piratas dos AÇores…eles não dão tantos votos assim…e seria um bom sinal que o Sr dava a todos…Os IRP´s sabem que são eles…veja as cx azuis deles Sr Srcretario..investigue….

    Responder
  13. blank
    desNORTE

    Eu no natal vou mas é comer bacalhau, que o peru ainda me cai é mal, eheheheh…Srº Espadim 100% correto na sua intervenção…

    Responder
  14. blank
    zé pescador

    Pois é quando a vida nos corre bem somos optimistas. POR ISSO O PESCADOR É RUDE E PESSIMISTA!

    Responder
  15. blank
    Descontente

    Sr. Pereira, era bom que fosse só dar folhas para os outros lerem, o pior é a pressão que ele faz a toda gente que lhe faz frente.É um tal pressionar…. mas cada Peru tem o seu Natal.

    Responder
  16. blank

    Lá está, os Açores estão melhor que todos, é o Oasis de Portugal.
    Julgo que o que deveriam fazer os nossos governantes é todos irem ao oftalmologista para verificarem se a graduaçaõ está correta.
    É porque não veem os milhões enterrados na Santa Catarina, a Prontaçores que já foi á Vida ( esta tambem seria uma optima solução encontrada pelo Pãoplona), a caminho irá a Espada Pescas, que depois de enterrarem milhões vão entregar as Associações, como estas soubessem gerir o que quer que seja, sempre gostaria de ver as mesmas sem a mama do governo “Todos uns grandes espertalhoes”, com o dinheiro de todos nós.
    Tenham vergonha, e de uma vez por todas reconheçam que esta Politica das Pescas posta em pratica por este Senhor não vai a lado nenhum.
    Senão veja-se em 2010 eram 14 medidas para ajudar o sector, quantas puseram em pratica?…4
    ou 5, agora são medidas de apoio á pesca artesanal, muitas das quais são iguais a tantas que o SubS. no passado ia implementar.
    Andam aqui todos a trabalhar sem sair do mesmo sitio.
    Tenha coragem e demita-se…..

    Responder
  17. blank

    COITADO DO FREDERICO CARDIGOS…….LIMITOU-SE A LER A FOLHINHA QUE O MARCELO PAMPLONA LHE DEU….O RAPAZ NÃO TEM CULPA…HE HE HE HE

    Responder

Deixe um Comentário