Social
Zona Marítima do Faial e Pico // Governo quer proibir pesca no Monte da Guia, Ilhéus da Madalena e Baixa da Barca

Zona Marítima do Faial e Pico // Governo quer proibir pesca no Monte da Guia, Ilhéus da Madalena e Baixa da Barca

No cumprimento da Política Comum das Pescas, o Governo Regional tem vindo a tomar medidas com vista a regulamentar a gestão dos portos de pesca e núcleos de pesca da RAA, inclusive o exercício da pesca na zona marítima do Faial e Pico.

Neste contexto, criou uma portaria que estabelece regras específicas para o exercício da pesca nas áreas marinhas do Monte da Guia, Ilhéus da Madalena e Baixa da Barca.

De acordo com a portaria em questão, no Monte da Guia fica proibido o exercício da pesca comercial e lúdica, à exceção da pesca apeada no Reduto da Patrulha, nos Portões de Porto Pim e entre a Praia de Calhau Rolado Entre-Montes, bem como a captura de isco vivo.

No que diz respeito às áreas marinhas dos Ilhéus da Madalena, fica proibido o exercício da pesca comercial e lúdica dentro do Porto à exceção da zona costeira. Já na Baixa da Barca fica proibido o exercício de toda a pesca comercial e lúdica.

Na criação desta portaria o Governo o alega a “conservação dos recursos biológicos marinhos e uma gestão das pescas orientada para eles, assegurando, ao mesmo tempo, que as atividades piscícolas contribuam para a sustentabilidade ambiental, económica e social a longo prazo”.

Segundo o Governo, “revela-se necessária a aplicação de medidas de gestão e de exploração sustentável de recursos vivos marinhos nas zonas envolventes das ilhas do Faial e do Pico, evidenciada por resultados obtidos em vários estudos científicos que têm vindo a ser elaborados no Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores”.

Posto isto, Direção Regional dos Assuntos do Mar, solicitou ao Clube Naval da Horta (CNH), um parecer sobre a aplicação desta portaria.

Assim vista a analisar e debater esta questão e de forma a poder emitir o parecer solicitado, o CNH promoveu uma reunião no Centro de Formação de Desportistas Náuticos, aberta a todos os sócios, na passada quinta-feira, na qual a Direção Regional dos Assuntos do Mar se fez representar, de modo a poder prestar os esclarecimentos que a proposta suscitar.

De salientar que na elaboração da regulamentação foram auscultadas as Associações representativas do setor, a Autoridade Marítima e a Portos dos Açores, S.A.

Fonte: Susana Garcia / Tribuna das Ilhas

5 Comentários neste artigo

  1. blank
    ZÉ PESCADOR

    É PRECISO QUE SE NOTE MAIS UMA VONTADE QUE O GOVERNO FAZ AOS BOYS DESTE PAÍS

    Responder
  2. blank
    ZÉ PESCADOR

    PRIMEIRO AMORDAÇADAS DEPOIS AUSCULTADAS.

    Responder
  3. blank

    foram auscultadas mais ou menos, encoberto

    Responder
  4. blank
    ZÉ PESCADOR

    CHIÇA JÁ FICARAM COM O CONDOR EM VÊS DE DIZEREM AONDE É PROIBIDO DIGAM ONDE SE PODE PESCAR

    Responder

Deixe um Comentário