Social
Banco Submarino Condor: Vários entidades uniram-se para aprofundar investigação no Condor

Banco Submarino Condor: Vários entidades uniram-se para aprofundar investigação no Condor

A Federação das Pescas dos Açores está de acordo com o alargamento do prazo de protecção do banco submarino Condor, que está encerrado à pesca desde Abril de 2010 para a realização de estudos científicos.

Esta posição foi manifestada ontem aos jornalistas pelo presidente da Federação, José António Fernandes, à margem de um seminário sobre este banco submarino realizado pelo Departamento de Oceanografia e Pescas (DOP) da Universidade dos açores na cidade da Horta, destinado aos pescadores e aos operadores de pesca desportiva.

Para José António Fernandes, já que foram os pescadores que concordaram em encerrar o banco à pesca para permitir a investigação científica naquela área do Oceano Atlântico, a oportunidade deve ser aproveitada para fazer um “estudo aprofundado”, apesar de reconhecer que nem todos os profissionais da pesca concordam com esta solução. “Foi um investimento muito forte para tirar poucos resultados”, afirmou José António Fernandes, que manifestou a convicção de ver “resultados positivos” desta investigação.

Pela mesma razão, salientou que vê “ com bons olhos” o eventual encerramento de outros locais de pesca no arquipélago, a bem da sustentabilidade das pescarias. O alargamento do prazo de protecção do banco Condor, inicialmente fixado em 2 anos (de Abril de 2010 a Abril de 2012), foi sugerido por Gui Menezes, investigador do DOP, que defendeu a necessidade de continuar as missões de investigação.

“Precisamos de mais tempo para determinar as taxas de recuperação das espécies”, afirmou o investigador, que admitiu estar em estudo uma proposta para alargar o período de protecção daquele banco submarino. O investigador frisou, no entanto, que a opinião e a participação dos pescadores neste projecto continua a ser “fundamental” para que se possa avaliar as condições dos recursos piscatórios, que estavam a ser sobre-explorados no local.

“Depois de todos este esforço dos pescadores, julgo que não há vantagens em abrir de novo à pesca, sem primeiro concluirmos a investigação”, defendeu.

O estudo efectuado pelos investigadores do DOP entre 1998 e 2008 indica que o Condor, situado a 10 milhas náuticas a sudoeste do Faial, rendeu, em termos de valor económico, “mais de cinco milhões de euros” aos profissionais do sector.

Este banco de pesca tem mais de 1 km quadrado de altura, cerca de 26 km de extensão e uma largura de 7,4 km aos 800 m de profundidade. Durante todo o dia de ontem, investigadores apresentam diversos estudos já realizados no Condor como o impacto das pescas nos corais e a comunidade de demersais existente.

Fonte: Incentivo

30 Comentários neste artigo

  1. blank

    la perto faz 96 braças

    Responder
  2. blank
    PEREIRA

    TÁ QUASE..SIM SENHOR…O SENHOR JORGE É BOM NESTA MATÉRIA….PONTO + BAIXO:38º32″ 406 NORTE 29º 02″ 941OESTE…+ OU – 100BRAÇAS

    Responder
  3. blank
    PEREIRA

    HE HE HE

    Responder
  4. blank
    Jorge Gonçalves

    Srº. Canal da Ponta da Ilha=== Julgo que as coordenadas do ponto mais seco andará pelos 38º 32″ 40 Norte e 29º 02″ 69 Oeste e mais ou menos 99 braças.
    Espero ter respondido à sua curiosidade para tirar a teima que tem.
    Jorge Gonçalves

    Responder
  5. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    só para tirar uma teima que tenho com alguem qual as cordenadas do seco do condor e qual a sua prefundidade do baixo em braças.

    Responder
  6. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Sim podem publicar uma vez que foi escrito pra esse fim e já agora se eu souber qual a pagina certa para este tipo de decusao agradecia.

    Responder
    • blank

      Caro Sr. Canal Ponta da Ilha, para sua informação, o Sr. para fazer os comentários que ache por bem deve ir à rubrica onde diz (A Voz do Pescador), estão lá as informações necessárias.
      APEDA

      Responder
  7. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Sempre ao fim de tanto tempo finalmente foi apanhado esta segunda feira um palangreiro de S.Miguel a alar aparelho dentro das 3mi foi detido pela policia maritima e infelizmente não temos ninguem que olhe por os pequenos pescadores cá da ilha uma vez que somos uma ilha com pouco mais de 14.000 abitantes uma vex que a descarga em lota na madalena afectou os pescadores tendo os compradores comprado peixe barto pra dar cabo da venda do peixe dos pescadores cá da ilha se este palangreiro era de ilha de S.Miguel tinham os porões sido celados pela brigada fixcal e tiria feito a descarga em P. Delgada mas infelismente não temos ninguem que olhe por nós.

    Responder
    • blank

      Caro Sr. Canal da Ponta da Ilha, achámos o seu comentário bastante interessante e pertinente, contudo não tem muito a ver com o artigo sobre o Banco do Condor. Por isso vimos perguntar-lhe se permite que publiquemos o tema que levantou, numa categoria da página que criámos própria para esse tipo de discussões.

      Aguardamos a sua resposta.

      APEDA

      Responder
  8. blank
    Armador priocupado

    isto aqui parece um campo de batalha ou de guerra. estamos a ver o peixe a faltar e todos nos somos culpados. não interessa se usamos palangre de fundo ou superfice. se isto acontece foi porque deixamos e somos todos culpados. é facil culpar e fugir. e um problema que já sabiamos que chegava a isto.temos de ve-lo de frente e ajudar se for preciso por isso deixamos aquelas zonas quietas e esperamos que os peixes crescam mais um pouco. sacrificamos hoje para termos amanhã.

    Responder
  9. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Ponta da Ilha condenada por palangreiros ainda ontem há noite cinco palangreiros de S.Miguel a por palangre o dia todo 2 vezes ou dia é o fim da ponta da ilha estas zonas de pesca como os baixos da ponta da ilha o baixo do condor baixa do açores e princesa todos estes pesqueiros deveriam ser proibida a pesca de palangre mesmo estando na zona premitida deviam ser criadas zonas de reservas pescatorias sendo elas usadas como meio de pesca de linha de mão e não de palangre isto se ainda quiserem peixe por mais algum tempo já estamos vendo a quebra do goraz de ano para ano será que ninguem ve isso

    Responder
  10. blank
    Xaréu

    Concordo plenamente com o SR Canal da Ponta da Ilha com respeito á pesca com linha de mão.Mas atenção!Há alguns palangreiros e não só, que ancoram fingindo pescar com linha de mão, e arriam palangre de “leve” e quando acabam de largar, afundam o aparelho com um peso e é só esperar…depois é levantar,se por acaso o aparelho pegar como acontece frequentemente é só arriar cabo da âncora.Assim não há problema com a caixa azul, os “inocentes” estão a pescar com linha de mão!…Tá?

    Responder
  11. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Tenho conhecimento de grandes mestres costeiros de palangre que são bons naquilo que fazem o PALANGRE pois se for a pescar em linha de mão como por exemplo cherne ,goraz tenho quase a certaza que nem para a agua que bebiam ganhavam nisso já mete mais qualquer coisa e não só saber a maré para onde vai pra largar o palangre e pesca-te para aí.

    Responder
  12. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Boa tarde Antão. quanto há sua resposta aqui niguem quer andar há batatada com ninguem só não queremos que nos metam os dedos nos olhos porque não somos cegos e se fosse para largar palangre a 0,5 milha da costa da ponta da ilha tinha-mos pescadores tanto bons ou melhores do que aqueles que por lá andam não era preciso vir ningueem de fora quanto enquanto os pescadores de linha de mão não se unirem contra o palangre da costa não haverá fescalização com meios pra impedirem tamanha borreza se assim podemos chamar .

    Responder
  13. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Boa tarde ao jurista em conrrespeito há sua resposta tanto ladrão é aquele que rouba como aquele que ajuda a roubar, lá isso é verdade mas quando sai a centença aquele que roubou fica sempre mais projudiacado do que lhe ajudou a roubar,pelo seu falar já reparei como dix o amigo lula que deve ser um desses assasinos dos mares .

    Responder
  14. blank

    O sr.Jurista deve de ser um dos grandes palangreiros… por esse falar,anda moira na costa!!!

    Responder
  15. blank

    Senhor Jurista deve ser vegetariano

    Responder
  16. blank
    Antão

    É isso mesmo, meus senhores!É isso mesmo que “ELES” querem que os pescadores andem à batatada uns com os outros.Enquanto andarmos divididos os reais problemas não serão resolvidos.Reivindiquemos que a fiscalização se faça como deve ser, não como até agora!

    Responder
  17. blank
    Jurista

    Tanto é assassino dos mares aquele que apanha um peixe com um anzol à linha de mão, como aquele que apanha um peixe com um anzol no palangre?

    Responder
  18. blank
    CANAL DA PONTA DA ILHA====

    Aqui na ponta da ilha destruidores de corais gente sem principios aproveitam o mau tempo pra por o palangre na costa, a menos de 0,5 milha da costa palangreiros como o xxxxxxxxxxxxxx, que no mes de Março levou da costa da Ponta da ilha mais de 1000kg de abrotea e cantaro, uma vez que estes barcos conseguem fugir hás autoridades porque largam o aparelho de noite e levantam de noite, quando as autoridades chegam estam com o ferro no fundo todos a dormir mas com o peixe no porao, uma vex que estão a abusar da sorte os proprios pescadores da ponta da ilha vao fazer justiça, está visto que só anda no palangre aquele que não tem intelegencia pra pescar em linhas de mão, tenham atençao palangre hoje palangre amanha no outro dia igual, lembrem-se de uma coisa senhores palangreiros assasinos dos mares se assim lhes podemos chamar, continuando assim nem peixe pra comer haverá muito mais pra comercializar ou esportar sejam homens de consciencia e não delinquentes sem escreplos que não olham a meios para atingir um fim.

    Responder
  19. blank
    Um chixarro perdido "Foge Foge Foge"

    Ó Senhor Rinquim, o Srº. Ostenta o nome de um feroz devorador dos mares, “LATA, MANHA” não lhe falta, faz Jus ao seu nome, mas olhe que para alimentar um corpinho desses é preciso muito alimento, olhe que ele começa a escassear nos nossos mares nunca inesgotáveis………!

    Responder
  20. blank
    Rimquim

    O´ srºobservador se lhe levaraõ os meros todos,so´lhe resta estar a guardar as pedras Pode ficar descansado,porque no Faial nos´ não comemos pedras.

    Responder
  21. blank
    Observador

    Ó Srº. pescador do Faial, o Srº. não está pensado dar um salto para estas bandas pois não, é porque estamos por aqui à espreita?. Não julgues que agora vai ser como alguns barcos que vieram cá buscar-nos os meros todos. Estamos Mais à Alerta

    Responder
  22. blank
    Pescador no Faial

    Depois de ter lido as declarações do presidente da federação das pescas, referente a criarmos mais areas interditas á pesca, julgo que para estudo, sugiro que agora também tenhamos a ponta da ilha do Pico e a Ponta dos Rosais como zonas interditas á pesca para serem estudadas, julgo ser justo daqui a uns anos tambem vai haver lá mais uns peixes para todos nós pescarmos.

    Responder
    • blank

      Acho muito mal…e injusto que tenha tido tal e semelhante ideia quem sabe talvez nao se apanha mais peixe e… estudam tudo e mais alguma coisa e depois… depois os nossos netos que nem pescar sabem porque nao aprenderam a arte pois estando proibido pescar. Assim ficamos 10 ou melhor 20 anos sem se poder pescar e vamos a ver o que se vai comer,amigos temos é que dar as maos e acabar com o trol que é uma miseria nesses mares o que fica de lixo…trol,para la das 6 ou mais tantos barcos de fora que se aproveitam do mau tempo para se encostar a costa e trolar a torto e a direito amigos nao Ás costas voltadas juntos podemos mudar mentes e atitudes.

      Responder
  23. blank

    Senhor Pereira palangre só das 50 milhas pra fora . He he he

    Responder
  24. blank
    PEREIRA

    Cheira-me que estes dois senhores que fizeram os comentários anteriores andam a deitar palangre dentro das 3 milhas he he he

    Responder
  25. blank

    Srº. Jaime, Meus Senhores, isto é o principio do FIM.
    Mas parece que alguns não querem ver o filme, porque já sabem o resultado

    Responder
  26. blank

    Com a politica implantada nos açores nao há volta a dar .

    Responder

Deixe um Comentário