Social
Estação Costeira Porto de Abrigo

Estação Costeira Porto de Abrigo

No passado dia 29 Março de 2011 pelas 15:00 horas a Estação Costeira Porto de Abrigo recebeu uma chamada via VHF da uma embarcação de pesca Pescador Açoriano que encontrava-se à deriva a 22 milhas da Ilha Terceira com grandes dificuldades devido ao mau tempo.

A Estação Costeira Porto de Abrigo manteve-se sempre em contacto via VHF com esta embarcação, e ao mesmo tempo contactava via  VHF com outras embarcações que estivessem disponíveis na área para prestar auxílio. Foi alertado também a Capitania do Porto da Praia da Vitoria e o MRCC Delgada.

A embarcação de pesca Paulo Guitas disponibilizou-se para ir ao encontro da embarcação Pescador Açoriano e prestar auxilio.

No dia 30 Março de 2011 pelas 10:15 a embarcação Pescador Açoriano e sua tripulação chegou ao porto em segurança.

A Estação Costeira Porto de Abrigo, mais uma vez cumpriu a sua importante missão, ajudar os homens do mar quando necessitam, e contribuir para a sua segurança.

Estação Costeira Porto de Abrigo, 31 Março de 2011-03-31

Manuel Brilhante

18 Comentários neste artigo

  1. blank
    nuno vieira

    boa tarde amigos uma informaçao gostaria de saber se voçes tem o numero de telfone do armador do paulo guitas

    Responder
  2. blank
    j.f.l.g

    ja fui hoje nao sou homen.do.mar mas conheco osistema de comunicacoes de outrora mas como se passa desde que imigrei e curioso acreditar o sistema que ainda existe ha possibilidades para tudo so para a agua salgada a dificuldades estradas,pontes,bibliotecas,complexes
    desportives
    termas,varedes
    e caminhos nas serras etc sera que o homen do mar nao tem valor e sem duvida o que mais trabalha nao tem hora dia ou noite ano ou mes,mas tem sim,alguemque nao conheca os seus direitos o homen do mar tem mais direito aos seus direitos do que o politicoa a sua reforma em oito anos de deputado ou ministre

    Responder
  3. blank
    ARMADOR DE PESCA

    È de louvar o serviço prestado pela Porto de Abrigo e do seu funcionario que trabalha horas afim e prol da Segurança dos Homens ddo Mar. Os meus respeitosos cumprimentos. Paulo Guitas

    Responder
  4. blank
    Armador priocupado

    parabens senhor Brilhante.gostei muito do serviço e era bom que seja sempre assim.que corra tudo bem para receber os ordenados. se nos pudermos ajudar.

    Responder
  5. blank
    Piscador

    Todos os comentários até agora resumem-se num ponto: louvar o serviço deste operador que até hoje é exemplar mas convenhamos que não é para todos estar sem receber o seu dinheirito ao fim do mês. Para quem tem despesas mensais não é fácil. Mas ainda assim é de se voltar a dizer que não é para todos e temos todos de tirar o chapéu a este senhor.
    Já em relação a quem deve ou não pagar os ordenados em atraso temos de perguntar para quem trabalha este senhor? Porque razão não pagam os seus patrões? Ouvi dizer em rabo de peixe que a outra colega deste senhor recebe todos os meses sem falha. Pensava que viviamos numa democracia? qual a razão não paga a federação das pescas a este senhor? No nosso meio á uma coisa que diz que pela boca morre o peixe por ixo temos de ouvir todos os lados. se é liberatismo, paplonismo ou cesarismo eu não sei mas sei que é uma vergonha, uma falta de respeito por este senhor e sua vida. Nos coomentarios dizeram que esta situação já podia estar despachada, resolvida e até agora nada. Isto é falta de respeito e consideração. Senhor Brilhante deve continuar a fazer aquilo que gosta. Os senhores que devem e não pagam deviam comecar a pagar e a respeitar pessoas como este senhor.

    Responder
  6. blank
    Armador

    Já usei o serviço da Estação Costeira e em questão de atentimento é de louvar o operador.
    Para resolver o problema dos ordenados era façil já que a Estação Costeira serve todas as embarcações de pesca dos Açores acho quem devia de pagar os ordenados directamente com o operador era a Federação das Pescas.

    Responder
  7. blank
    PEREIRA

    Penso que o trabalho relizado pela estação é fundamental e tambem penso que o Governo Regional tem de apoiar estas iniciativas, já que dá apoios ao desbarato e sem qualquer critério e muitas vezes até duvidáveis, este sistema de apoio ás comunicações maritimas é fundamental, no entanto a questão é onde está enserida esta estação e os responsáveis por ela , que não serão propriamente as pessoas + transparentes, dai o tal Liberatismo.No entanto ponto assente é que esta ou outra estação tem que dar total apoio à navegação.

    Responder
  8. blank
    Antão

    Com licença do Sr. Homem do Leme, faço minhas as suas palavras e acrescento mesmo:Quanto custará por dia ao herário ´Público, a manutenção de uma Rádio Naval da Horta inoperante e para que serve? Por vezes passam-se dias que não se ouve essa estação ir para o ar.Algumas vezes cheguei a duvidar do meu equipamento VHF.Embora não tenha necessitado dos serviços do Senhor Brilhante, sei que ele está sempre lá e isso é muito importante para nós, gente do mar. Um Bem Hája para o Senhor!

    Responder
  9. blank
    Homem do Leme

    Depois de ter lido alguns comentários nesta Página sob o tema do apoio da estação costeira aos barcos que atravessam as nossas Águas fico perplexo. Julgo que isto não se resume a uma questão de Liberatismo (LIBERATO F.), Cesarismo ou Pamplonismo, para começar isto é uma questão de Humanismo, e para mim e muitos outros que andam nos nossos Mar trata-se, unicamente e exclusivamente, da salvaguarda da vida Humana no Mar.
    O que aconteceu ao largo da Ilha Terceira vem demonstrar, e desmascarar o estado das comunicações Marítimas nos Açores. Também vem demonstrar o lado Humano e Profissional deste funcionário, pelo que me apercebo tem 2 ou 3 meses de ordenados em atraso, ainda à pessoas assim que trabalham por amor à camisola, mas verdade seja dita que será difícil porque ninguém vive hoje em dia sem dinheiro é preciso se gostar do que se faz. Este País precisa de muitas Pessoas assim para deixarmos de estarmos sempre a morrer à beira da água na praia, não direi que seja (herói) mas é de se lhe tirar o chapéu.
    Neste momento estamos aqui e noutros sítios a discutir este tema, se é do Pamplonismo do Liberatismo ou Cesarismo, se não fosse esta estação estaria-mos, “talvez” agora a lamentar a perda das vidas Humanas e a procurar os culpados, e quantos milhares de Euros teriam sido gastos, sim porque quando o centro de busca e salvamento é activado são Milhares de Euros que são gastos e que são pagos pelos Cidadãos deste País, por isso este trabalho feito por este Senhor que tem como seu Nome BRILHANTE e faz Jus ao Nome que ostenta, mas muitas vezes até privando a sua Família de muitos bens que são necessários para sobreviver condignamente.
    Julgo que as questões laborais neste caso deveriam-nos preocupar, porque a Radio Naval da Hora não funciona, neste momento, nem consegue transmitir um boletim meteorológico em condições, por isso o que é que nos resta?, é esta Estação, que até foi inaugurada com poupa e circunstância pela sua Excelência o Srº. Presidente do Governo Regional dos Açores e que agora querem fazer calar.
    Deus queira que os Navios da Atlanticoline nunca precisem da Estação Radio Naval da Horta porque se precisarem vão ficar a falar sozinhos “mas até eles já tem telefones via Satélite”.
    Queria terminar chamando a atenção aos Homens do Mar, sejam Barcos de Passageiros, Veleiros Marítima Turística, Pesca Lúdica, Pesca Desportiva e Pesca Profissional, deixem-se de Politiquice e não deixem que isto “Mofe”, porque os Senhores Políticos não precisão desta estação para nada.
    Termino com uma reflexão, quantas vidas já ajudaram a chegar a bom porto? e quantos Milhares de Euros já fizeram poupar aos cofres da Região?
    A este Senhor que trabalha para o sustento da sua Família, mas que o faz também pelo gosto à profissão e ajuda ao seu semelhante, nada mais tenho a dizer por agora, um bem haja a este Senhor que é BRILHANTE.

    Responder
  10. blank
    CONTRIBUINTE ATENTO

    Conheço e reconheço o serviço prestado por esta estação rádio que veio colmatar o desaparecimento de um outro sistema similar.
    Com os sistemas públicos como as rádio-navais açorianas a transmitir pior que os nossos barcos, com parco raio de acção, a estação da Porto de Abrigo é uma mais valia inestimável aos homens do mar, quer sejam eles da pesca ou de outra actividade, porque o sentido cívico está espelhado na sua forma de trabalhar.
    Não sou pescador, mas é vergonhoso que quem dita regra nesta matéria, leia-se, governo regional, não preste o devido apoio a este serviço.
    Talvez lhes faça falta andar no mar em dia de aflição para perceberem a diferença que faz.
    Enfim…
    Bem hajam pelo excepcional serviço que supera em muito o alcance e abrangência das estações costeiras da responsabilidade do governo.

    Responder
  11. blank

    MUITO BEM DITO HE HE HE

    Responder
  12. blank
    Pescador

    Acho que são dois regimes o Liberatismo e o Pampolinista.
    É um regime quando se fala cortem logo as pernas.

    Responder
  13. blank
    PEREIRA

    Secalhar não é o Cesarismo, deve ser é o liberatismo(um tal de LIBERATO F.)

    Responder
  14. blank
    Ricardo B.

    Estamos perante o verdadeiro Neptuno dos mares açorianos!
    Tem, diariamente, enfrentado todos e os demais problemas causados por quem em constantes actos de má fé, insistem em “Romper os cascos das embarcações, naufragando tudo e todos! Quais tubarões falantes…” Se o Padre António Vieira fosse vivo…teria um novo “Sermão de Santo António aos Peixes”…A crise instalada no sector vai muito além dos “charros” colocados nos aterros…das verdadeiras sessões plenárias tipo “Wall Street” nas quais se transformaram as vendas nas Lotas…dos verdadeiros “Iates” dos magnatas Russo-Calafões que insistem em desvirtuar o mercado!Abram os olhos e comecem, de uma vez por todas, a valorizar quem trabalha! Sim, porque neste mundo quem trabalha são meramente poucos…uns enrolam as linhas….outros por ventura “inalam” as linhas!Um bem haja a este conquistador! Se fosse só por ele, com toda a certeza, as Pescas nos Açores seriam um caso de sucesso reconhecido internacionalmente! Já vi prémios Nobel atribuídos por muito menos!Já vi honoris causa atribuídos por muito menos!Já vi medalhas de honra atribuídas por muito menos…!Enfim, não nos podemos calar, não nos podemos sujeitar!Isto não é o Salazarismo é muito pior!É o Cesarismo!

    Responder
  15. blank
    Açoreano

    Isso é uma vergonha uma pessoa que serve todos os pescadores Açoreanos e pode salvar vidas ter ordenados em atraso.
    Lamentavel para as pessoas competentes não terem pouco dinheiro para pagar o operador e gastarem muito em coisas que não serve nada.
    Um agradecimento para o operador por ter ajudado muitos pescadores

    Responder
  16. blank
    Açormar

    Deixo aqui o meu apreço ao operador da estação costeira porto de abrigo, que apesar de ter o seus salarios em atraso, continua a desempenhar a suas funções diariamente com brio e profissionalismo.

    Responder
    • blank
      Anónimo

      Nem mais, “Açormar”. O Operador da Estação Costeira é um funcionário exemplar. É de lamentar a situação que o mesmo tem de enfrentar, tendo os seus ordenados em atraso, sem que os responsáveis façam nada em relação a esta situação. Já houve a oportunidade de resolver esta situação mas nada foi feito. Pela acima exposto, é, de facto, de louvar o desempenho deste Operador.

      Responder

Deixe um Comentário