Social
Esclarecimento da APEDA // Pesca Ilegal à volta da Ilha de São Jorge

Esclarecimento da APEDA // Pesca Ilegal à volta da Ilha de São Jorge

A denúncia de pesca ilegal na costa da Ilha de São Jorge feita pelo Senhor Presidente da Associação de Pescadores da Ilha de São Jorge no passado dia 15, requere alguns esclarecimentos.

Percebemos as preocupações levantadas e o quanto podem estar a ser prejudicados os pescadores da Ilha de São Jorge, mas quando denunciamos estas situações temos que ter condições de as poder provar.

Enquanto Associação, não somos armadores e também não estamos a bordo de todas as embarcações que andam no mar, mas temos a noção que os Mestres e Armadores da ilha do Faial são na sua maioria cumpridores das Leis.

Os Armadores e mestres das embarcações da Ilha do Faial não “gozam nem fazem pouco” dos seus colegas de profissão de outras Ilhas em matérias desta ordem.

Foi referido pelo Senhor presidente que são embarcações das ilhas do Pico da Terceira e do Faial (varias embarcações de varias Ilhas), gostaríamos de esclarecer a opinião pública de que estas afirmações não correspondem de todo á verdade. Na Ilha do Faial existem várias embarcações licenciadas para operar com palangre mas só uma neste momento é que está a exercer a atividade e essa embarcação tem caixa azul “online”, (o que permite às autoridades saberem a qualquer momento a sua localização). Esta embarcação não está a operar na costa da ilha de São Jorge, e este facto poderá ser confirmado pelas autoridades. Poderá existir alguma embarcação com registo na Ilha do Faial a operar em são Jorge com palangre, mas não faz parte da frota desta ilha nem é associado desta Associação. Se existe alguma embarcação com registo nesta ilha, associado desta Associação a operar na ilha de São Jorge não é com palangre. Querer associar os Mestres e Armadores da Ilha do Faial à pesca ilegal na lha de São Jorge não é correto nem justo.

Não queremos nenhum pedido de desculpas mas numa próxima vez que isto venha a acontecer não custará muito que seja mais concreto.

19/10/2015

O Presidente da Direção

Jorge Fernando Leal Gonçalves

6 Comentários neste artigo

  1. blank

    por estes dias chegou as velas ilha de são Jorge um semi-rigido da policia marítima!!!(irónico!!) prontos está resolvida a questão???

    Responder
  2. blank

    é por estas e por outras que deixei a pesca…não há união no sector!! existem problemas claros no seio da comunidade piscatória,o que fazem??criam leis!!,e acusam-se uns aos outros !! em vez de se unirem para assim caso a caso achar a melhor opção para cada barco ou pescador ,não..criam-se leis e depois e ver este tipo de acusações e perseguições entre pescadores !Só desvaloriza a classe

    Responder
  3. blank

    Sr Anonimo, se calhar deveria dizer o nome dessas embarcações porque para saber se é da horta é porque vê a matricula….logo saberá o nome

    Responder
  4. blank
    Pescador Preocupado

    Todas as embarcações de palangre deviam ter a caixa azul (online) caso contrário nao deveriam sair do porto. Avariou! Vai arranjar depois sais para a faina. Assim nao havia problemas.

    Responder
  5. blank
    Anónimo

    Sr. Jorge Fernando Leal Gonçalves, eu pescador em São Jorge tenho assistido em primeira mão!
    : Embarcçeõs com registo da Horta e com atividade na Horta a pescarem com trol!

    Responder
    • blank

      Senhor Anónimo.
      Li o seu comentário atentamente e não irei responder mais a este ou outros tipos de comentário, mas para que não fiquem duvidas e que fique claro de uma vez por todas direi o seguinte.
      Apreciando a forma clara como expõe o seu comentário dá a entender que sabe o que escreve, assim para que fique claro para o senhor sugiro-lhe que leia atentamente o penúltimo parágrafo do esclarecimento e verificará que o mesmo é muito transparente alias tão transparente como o seu, mais uma vez sugiro-lhe que leia com atenção o que lá está escrito e depois poderá fazer os seus considerandos.
      Se continuar com a mesma opinião, então sugiro-lhe que denuncie, pode ser anonimamente também, as embarcações que vê e diz serem da Ilha do Faial.
      Volto a referir, poderá existir alguma embarcação com registo na Ilha do Faial a operar em são Jorge com palangre, mas não faz parte da frota desta ilha nem é associado desta Associação. Se existe alguma embarcação com registo nesta ilha, associado desta Associação a operar na ilha de São Jorge não é com palangre (se isto não é claro nem transparente então não sei o que dizer).
      Não vou continuar mais com esta discussão não é que não se justifique ou seja importante, mas as coisas são e estão mais transparentes do que a água só não vê aquele que não quer ou não lhe dá jeito.
      As pescas precisão de paz e para isso ser alcançado é preciso que as pessoas e os pescadores em geral tenham uma atitude positiva perante as coisas, algumas discussões fúteis que por vezes assistimos de alguns TURVADORES não acrescentam nada de bom ao sector.
      O Presidente da Direção

      Jorge Fernando Leal Gonçalves

      Responder

Deixe um Comentário