Social
Conferência: Explorar a riqueza das comunidades piscatórias ouvindo as suas vozes

Conferência: Explorar a riqueza das comunidades piscatórias ouvindo as suas vozes

Informa-se a todos os interessados que nos dias de 21 a 24 de Outubro, irá haver uma conferência organizada por Doutora Alison Neilson da Universidade dos Açores com os seguintes objectivos:

incentivar a discussão entre investigadores (locais e de outros países) e membros de comunidades piscatórias. Vamos usar métodos interactivos, tanto em Inglês como em Português, para incentivar a partilha e o debate de opiniões. 

Esta conferência é aberta a todos, só têm de ir ao site para se inscrever ou dirigir-se à APEDA para mais informações.

O programa está descrito abaixo.

Ilha Terceira
21 de Outubro, Sexta-feira – Angra do Heroísmo, Universidade dos Açores

– Abertura
– Sessão de posters para apreciar as especificidades de várias linhas de pesquisa
– Mesas redondas e outras discussões interactivas
– Painel: “O que nos diz a investigação sobre o futuro das comunidades costeiras?”
– Noite: programa cultural

22 de Outubro, Sábado – São Mateus (freguesia piscatória de Angra)

– Introdução ao contexto: passeio no porto de pesca de São Mateus
– Apresentação: “Mapear a pesquisa para construir pontes com as comunidades costeiras”
– Sessão interactiva 1: “A comunidade partilha os seus interesses e necessidades”
Intervalo para almoço
– Sessão interactiva 2: continuação
– Pausa para café
Discussão e Resumo das sessões

23 de Outubro, Domingo
Manhã – Visita opcional de outras partes da ilha Terceira

Ilha de São Miguel

– Reunião do grupo de trabalho: “Coastal cultures in times of change”
Noite: programa cultural

24 de Outubro, Segunda-feira

– Visita a comunidades de pescadores em São Miguel
– Reuniões com representantes das comunidades costeiras
– Diálogo entre a Comunidade e Investigadores
Encerramento

1 Comentário neste artigo

  1. blank
    Alison Neilson

    Com o objetivo de concretizar o programa da conferência*, temos vindo a auscultar amplamente pessoas de diferentes ilhas, diferentes perspetivas sobre pesca costeira e vida das comunidades piscatórias e investigadores originários de diferentes regiões e países :
    Associação das Mulheres de Pescadores e Armadores da ilha Terceira (AMPA-IT)
    Ilhas em Rede – Associação de Mulheres na Pesca nos Açores
    Rede de Educação Marinha dos Açores (REMA)
    Associação Terceirense de Armadores (ATA)
    Associação de Produtores Espécies Demersais dos Açores (APEDA)
    Associação de Produtores de Atum e Similares dos Açores (APASA)
    Cooperativa E. S. Pescadores da Ribeira Quente
    Junta de Freguesia da Ribeira Quente
    Departamento de Oceanografia e Pescas, Universidade dos Açores
    Junta da Freguesia do São Mateus da Calheta
    Pescadores em nome individual e outros membros das comunidades piscatórias em várias ilhas.

    Os tópicos de interesse resultantes da consulta às comunidades incluem:
    – Política de pescas: falta de uma política e estratégia claras para a Pesca dos Açores;
    – Oportunidades para aumentar a venda direta, a melhoria dos transportes e a comercialização de pescado de alta qualidade, com vista à obtenção de melhores preços.
    – Educação: acesso ao ensino e relevância da educação para jovens pescadores em busca de credênciais para pesca; o problema dos jovens que abandonam a pesca e as suas comunidades quando completam a sua formação.
    – Colaborações para a monitorização e gestão científica – como os pescadores e investigadores poderão trabalhar em conjunto para a concretização de parques marinhos (exemplos do Caneiro dos Meros, no Corvo e do Banco Condor) e outras questões realativas à gestão de stocks;
    – Oportunidades e desafios para a pesca-turismo
    *Participação a confirmar

    Responder

Deixe um Comentário