Social
Governo vai alterar taxas de lota e a gestão de descarga de peixe

Governo vai alterar taxas de lota e a gestão de descarga de peixe

A secretaria dos Recursos Naturais assinou ontem, em Angra do Heroísmo, os primeiros de 16 protocolos que estabeleceu com associações do sector da pesca de todas as ilhas dos Açores, num valor global de cerca de 500 mil euros.

Os protocolos, para apoio ao funcionamento e de serviços prestados pelas associações, foram assinados pelo secretário dos Recursos Naturais, Luís Neto Viveiros, numa reunião com associadas da Federação das Pescas dos Açores, que integra 13 organizações do sector.

No decorrer desta reunião de trabalho, que Luís Neto Viveiros considerou “muito positiva”, enaltecendo “o trabalho desenvolvido por estas organizações em prol dos seus associados e da organização do sector”, foi analisada a actual situação das Pescas na Região.

A ocasião foi aproveitada para dar conta das linhas mestras em que se deverá alicerçar a próxima política comunitária de Pescas, dos esforços desenvolvidos pela Região na defesa dos interesses dos Açores e dos desafios e oportunidades que representa. Questões como a sustentabilidade dos recursos e a fiscalização foram também abordadas e consensualmente defendidas nesta reunião.

A secretaria dos Recursos Naturais e os representantes da Pesca dos Açores analisaram também, entre outras matérias, diferentes propostas relativamente a taxas de lota a aplicar sobre contratos de abastecimento directo, gestão de descargas nos portos e metodologias de pagamento do pescado vendido em lota.

Fonte: Correio dos Açores

1 Comentário neste artigo

  1. blank
    Pescador Preocupado

    mais taxas da lota?era o que faltava mesmo deixamos la 4% pode mnao parecer muito mas nos apanhamos o peixe descarregamos ainda pesamos e pomos gelo no peixe ja que nem isso os empregados da lota sao capases de fazer.

    Responder

Deixe um Comentário