Social
Natal – A tradição do bacalhau

Natal – A tradição do bacalhau

Na ceia de Natal portuguesa é tradição comer bacalhau. Mas, de onde veio a tradição?

Os pioneiros na descoberta do bacalhau foram os vikings, pois este peixe era abundante no mar em que navegavam. A falta de sal na época fazia com que se limitassem a secar este peixe ao ar livre, até endurecer, para depois ser consumido aos pedaços nas longas viagens que faziam pelos oceanos.

Foi nas costas de Espanha que os bascos começaram a salgar o bacalhau e depois a secá-lo para uma melhor conservação. Este método revolucionou a alimentação, garantindo a durabilidade dos alimentos e mantendo o seu paladar e os seus nutrientes.

Por volta do ano 1000, o bacalhau passou a ser comercializado pelos bascos. O calendário cristão, imposto pela Igreja Católica a partir da Idade Média e que prescrevia dias de jejum de carne, contribuiu para o aumento do consumo deste peixe. O bacalhau tornou-se no alimento eleito pelo povo durante as festas religiosas, como o Natal e a Páscoa.

O jejum foi desaparecendo com o passar dos séculos, mas a tradição do bacalhau, sobretudo na ceia de Natal, manteve-se intacta até aos nossos dias.

Fonte: Fileira do Pescado

Deixe um Comentário